Marcos Mion desabafa sobre sequelas da Covid: “Vírus do mal”

Apresentador revelou estar com dificuldades de retomar as atividades físicas e o trabalho, por causa da dificuldade de respirar

atualizado 09/06/2022 12:22

Na imagem colorida, um homem está posicionado no centro. Ele tem cabelos curtos e grisalhos e usa camiseta laranjadaReprodução

Duas semanas depois de ser diagnosticado com Covid-19, Marcos Mion ainda sente os efeitos da doença. Em uma série de vídeos no Instagram, o apresentador desabafou sobre as sequelas da doença. Entre elas, falta de ar e tosse seca contínua, que dificultam a realização de atividades físicas.

“Primeiro treino de pernas depois da Covid. Para quem já pegou essa doença, o fôlego também demorou a voltar ao normal? Loucura isso. Que loucura”, lamentou o apresentador.

Ele também revelou ter passado mal nas gravações da atração. “Gravei dois programas e aí eu comecei com aquela energia. Lá em cima e cheio de gás. No meio do meu texto inicial eu já estava sem fôlego e quando a câmera cortava para apresentar os jurados, puxava o ar dos pulmões para poder seguir com a produção”.

No relato, Mion também fez questão de ressaltar a importância da vacina contra o coronavírus. “Vírus do mal. Eu agradeço a Deus por já estar com as três doses da vacina no braço porque já era um consenso que todo mundo iria pegar. Fico pensando nas pessoas que pegaram no início e, infelizmente, faleceram. Que terror. Esses sintomas que ficam, essas sequelas são terríveis”, assume o apresentador que revelo medo de pegar a Covid. “Tinha pavor”.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos.

Mais lidas
Últimas notícias