*
 

O professor de história João Jambeiro, 38 anos, preferiu o caminho seguro e não respondeu a pergunta que o premiaria com R$ 150 mil no quadro “Quem Quer Ser Milionário”, do “Caldeirão do Huck“. O brasiliense precisava responder quantos novos vírus em seres invertebrados foram descobertos por um estudo publicado na revista “Nature” em 2016.

O professor contou que lembra de ter lido o artigo, mas ficou na dúvida entre as opções A (1145) e C (1245). Para não perder os R$ 100 mil já garantidos, ele preferiu não chutar. Luciano Huck revelou a resposta que, na verdade, era a letra D (1445).

Ao Metrópoles, Jambeiro havia contado que estava ansioso para a segunda etapa e que sonhava em conquistar o prêmio máximo. Ele afirma que é muito importante participar de programas de televisão com grande alcance para chamar atenção para a educação no país. “Os professores estão sendo muito desrespeitados. Por isso, acredito que é importante ter esse destaque, mesmo que seja momentâneo”.

Carreira
Jambeiro dá aulas há 20 anos. Começou novo, logo que entrou na faculdade, aos 18 anos. As primeiras turmas foram no pré-vestibular Alub. Depois, passou por colégios como Santa Dorotéia, Soma e Maria Auxiliadora. Atualmente, dedica-se ao ensino a distância e a aulas particulares.

 

 

COMENTE

televisãocaldeirão do huckQuem Quer ser milionáriojoão jambeiro
comunicar erro à redação

Leia mais: Televisão