*
 

Direto da telinha para o Twitter. Uma discussão séria saiu da novela Segundo Sol e foi parar nas redes sociais, com protagonistas de peso. Os próprios atores do folhetim resolveram tirar a limpo uma matéria do site Notícias da TV, que eles dizem ter cunho racista.

Segundo Sol: Rochelle usa ‘sexo com negão’ para se vingar de irmã drogada” é o título de uma matéria publicada, no sábado (30/6), na página comandada por Daniel Castro. O ator Danilo Ferreira, intérprete de Acácio, personagem que dorme com a patricinha Rochelle (Giovanna Lancellotti), usou o Instagram para criticar o texto.

Ei! Notícias da TV, Eu não sou seu negro! Precisamos falar sobre objetificação de corpos negros. Quisera eu, que todos tivessem ideia da responsabilidade que nos atravessa em cena pra não reproduzir estigmas, não sublinhar estereótipos, não ficar chato, fazer bem e as vezes também se permitir esquecer tudo isso. Porque não pensar sobre essas coisas e apenas executar o seu trabalho é libertador, mas nem sempre possível. Quisera eu. Porém, o que me fez escrever aqui sobre a manchete acima, além dela ser absurda, são as mensagens que recebo nas redes e nas ruas. Palavras que falam de orgulho e representatividade, e que me fazem ter compromisso e responsabilidade quando boto a minha cara na tela. É por isso que escolhi ser ator, pra comunicar, andar com o nosso tempo e contribuir com reflexão. O que para mim, enquanto jovem ator, é responsabilidade e consciência, para quem se propõem a ser jornalista deveria ser obrigação. É muito difícil ver essa parcela da impressa do nosso país que, ainda se permite escrever e publicar esse tipo de manchete, que reproduz e reforça estigmas preconceituosos, reduzindo e hiper sexualizando os nossos corpos com uma escrita viciada em troca de cliques. Sei que temos aqui, veículos e jornalistas sérios, com propósito, e é nesse tipo de imprensa que acredito e busco dialogar. Márcia Pereira, Daniel Castro, Notícias da TV, faltou respeito e responsabilidade, meus caros! Pega a visão: Os tempos são outros. Repito: Eu não sou seu negro!

A post shared by Dan Ferreira (@odanferreira) on

“Ei! Notícias da TV, eu não sou seu negro! Precisamos falar sobre objetificação de corpos negro. Quisera eu que todos tivessem ideia da responsabilidade que nos atravessa em cena pra não reproduzir estigmas, não sublinhar estereótipos, não ficar chato, fazer bem e as vezes também se permitir esquecer tudo isso. Porque não pensar sobre essas coisas e apenas executar o seu trabalho é libertador, mas nem sempre possível.

Quisera eu. Porém, o que me fez escrever aqui sobre a manchete acima, além dela ser absurda, são as mensagens que recebo nas redes e nas ruas. Palavras que falam de orgulho e representatividade, e que me fazem ter compromisso e responsabilidade quando boto a minha cara na tela. É por isso que escolhi ser ator, pra comunicar, andar com o nosso tempo e contribuir com reflexão. O que para mim, enquanto jovem ator, é responsabilidade e consciência, para quem se propõe a ser jornalista deveria ser obrigação. É muito difícil ver essa parcela da impressa do nosso país que, ainda se permite escrever e publicar esse tipo de manchete, que reproduz e reforça estigmas preconceituosos, reduzindo e hiper sexualizando os nossos corpos com uma escrita viciada em troca de cliques.

Sei que temos aqui, veículos e jornalistas sérios, com propósito, e é nesse tipo de imprensa que acredito e busco dialogar. Márcia Pereira, Daniel Castro, Notícias da TV, faltou respeito e responsabilidade, meus caros! Pega a visão: Os tempos são outros. Repito: Eu não sou seu negro!”

A postagem foi compartilhada por diversos colegas de elenco do ator. Nesta segunda-feira (2/7), o site publicou um novo texto com a retranca “A culpa é de quem?”, intitulado Atores de Segundo Sol Reclamam de Racismo em Texto do Notícias da TV. A matéria é assinada pela redação, e diz que os artistas parecem “esquecer, no entanto, que o racismo vem do próprio roteiro de João Emanuel Carneiro”.

A nota continua defendendo a posição do veículo de comunicação: “A tal manchete do Notícias da TV, porém, faz mais do que reproduzir os estigmas destacados pelo intérprete. Ela reproduz o texto do próprio João Emanuel Carneiro, com aspas da personagem Rochelle, apresentada como vilã, de caráter desprezível e que não deve servir como exemplo para ninguém.”

Ao fim, o texto se dirige diretamente aos artistas: “Se Dan Ferreira ou seus colegas têm problemas com o racismo apontado no texto de João Emanuel Carneiro, que reclamem com o autor”.

Após a nova matéria ter sido publicada no Twitter, foi a vez de Emilio Dantas defender o elenco e criticar a abordagem da equipe de Daniel Castro.

O intérprete de Beto Falcão deixou claro que a revolta dos atores não era com o roteiro, mas, sim, com a “forma maliciosa com a qual a coluna, através da repórter Márcia Pereira, deturpou e tirou proveito do texto apresentado”. O galã da novela das 22h disse que não há polêmica na matéria, e sim racismo.

Daniel Castro respondeu a todas as mensagens e chegou a dizer: “Se o ator não quer ser objetificado, por que fica pelado em rede nacional? Por que faz papel de ‘negão’ se não quer ser chamado de ‘negão’?”. Veja a seguir a conversa na íntegra: