Ator diz ter sofrido homofobia nos bastidores de Todas as Flores: veja

Daniel Apolloh alega ter se sentido ofendido pelos funcionários da Globo, enquanto participava das gravações de Todas as Flores

atualizado 25/11/2022 17:13

Daniel Apolloh afirma ter sofrido homofobia nos bastidores de Todas as Flores

O ator Daniel Apolloh afirmou ter sofrido homofobia nos bastidores da novela Todas as Flores, transmitida no Globoplay. O artista, que participou como figurante da trama de João Emanuel Carneiro, alega ter se sentido ofendido pelos funcionários da Globo.

Em um vídeo publicado em seu TikTok nessa quinta-feira (24/11), Daniel diz que chegou a chorar e a passar mal no set da novela:

@danielapolloh #copadomundo #brasil #lula2022 #globo #globoplay #figuracao #pravoce #viral #fyp #vaiprofycaramba #farofadagkay ♬ som original – Daniel Apolloh

“Eu estava fazendo o papel de capataz, né? Papel não, figuração como capataz na novela. Uma cena totalmente pesada, em que eu devia ficar totalmente sério, eu fiquei. Começaram a debochar de mim, falando que eu estava parecendo ‘homem’, sendo que eu sou homem e isso não muda por eu ser gay.”

“Falaram: ‘Olha como ele está firmão’, fazendo piadinhas por conta de eu ser gay… foi quando comecei a chorar e passar mal”, relatou o figurante, que participou da novela por meio de uma agência em 12 de novembro.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Acusação de homofobia em Todas as Flores

Daniel ainda aponta que denunciou o caso, mas seu relato foi apontado como um “mal-entendido”. “Quando eu fui falar com o fiscal da produtora que eu havia sido contratado, ele chamou o assistente de direção e o homem que começou com as piadinhas contra mim, e eu só escutei sabe o quê, gente? ‘Foi um mal-entendido, você que entendeu errado, eu estava falando com outra pessoa”, garante o figurante.

“Eu falei com a ouvidoria da Globo, falei com todo mundo e ninguém se posicionou para nada, nem para perguntar se eu estou bem até hoje. Eu tenho depressão, eu tomo medicação e até agora, nada de posicionamento da Rede Globo”, encerrou Daniel.

Em nota enviada ao Metrópoles, a Globo afirmou que “não comenta questões relacionadas [ao] Compliance” e reiterou “que a empresa mantém um Código de Ética, que deve ser seguido por todos os seus colaboradores”.

“A Globo não comenta questões relacionadas a Compliance e aproveita para reiterar que a empresa mantém um Código de Ética, que deve ser seguido por todos os seus colaboradores, e uma ouvidoria pronta para receber quaisquer relatos de violação ao Código. A Globo reafirma que não tolera discriminação em suas equipes. Todo relato é apurado criteriosamente assim que a empresa toma conhecimento e as medidas necessárias são adotadas”, diz a nota.

Mais lidas
Últimas notícias