Ambulantes vendem fotos e faixas de Gugu por R$ 10 em velório

Os autônomos aproveitaram a quantidade de pessoas que foram prestar homenagem ao apresentador na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp)

atualizado 29/11/2019 1:08

Yago Sales/Especial para o Metrópoles

São Paulo – “Olha a lembrança!”, é assim que vendedores ambulantes estão oferecendo produtos como fotos e faixas com a imagem e nome de Gugu Liberato aos fãs que esperam na fila da  Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) pode entrar no Salão Principal do Prédio, onde ocorre o velório do apresentador Gugu Liberato.

Com preços a partir de R$ 5, o público pode levar para casa uma foto pequena de Gugu, a grande sai a R$ 10. Um prato cheio para quem colecionava os discos e brinquedos do Gugu nas décadas de 1980 e 1990. “Vim me despedir de uma pessoa humana. Deixou um legado muito importante para o Brasil. Um cara que queria paz. Agora encontrou”, disse Rosimeire da Silva, 54 anos, que levou uma faixa de recordação.

O corpo de Gugu chegou ao local perto das 10h e, num primeiro momento, a cerimônia foi fechada para a família e amigos próximos do apresentador. Os filhos dele, João Augusto e as gêmeas Marina e Sofia Liberato, estavam muito emocionados.

A esposa do apresentador, Rose Miriam, foi amparada pela assessora de imprensa Esther Rocha. A mãe de Gugu, Dona Maria do Céu, também chegou cedo ao local.

Fotos da chegada da família de Gugu Liberato:

0
Morte Gugu

Gugu Liberato, uma das mais importantes figuras da televisão brasileira, morreu aos 60 anos, após sofrer um acidente doméstico. O apresentador caiu de uma altura de quatro metros ao tentar consertar um aparelho de ar-condicionado, na residência de Orlando, nos Estados Unidos.

Encaminhado para um hospital da cidade, ficou em observação por 48 horas. A morte cerebral foi confirmada pelo médico Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família para ir aos EUA.

Últimas notícias