Advogados dizem que Duda Reis tenta “macular” imagem de Nego do Borel

A influenciadora tem usado as redes sociais para comentar a participação do ex-noivo no reality A Fazenda 13

atualizado 18/09/2021 16:29

Nego do Borel e Duda ReisReprodução/Instagram

Os advogados de Nego do Borel, atualmente no ar em A Fazenda 13, da RecordTV, enviaram comunicado ao Metrópoles no qual afirmam que as publicações feitas nas redes sociais por Duda Reis, ex-noiva que acusa o funkeiro de agressão física, podem ser enquadradas como “crime contra a honra”.

A modelo tem comentado a participação do cantor no reality, em especial depois que o artista foi acusado de assediar a colega de confinamento, Dayane Mello, após a festa que varou a madrugada deste sábado (18/9).

0

Leia o texto na íntegra assinado pelos advogados Elizabeth Medeiros, Rayra Vianna e Fábio Nascif:

“Não existe nenhuma medida judicial que impeça a Maria Eduarda de falar, porém existem leis que não estão sendo respeitadas, desde o início do caso envolvendo os dois. Essa postagem pode ser enquadrada como mais um crime contra a honra cometido por ela contra o Leno, ainda mais depois das investigações preliminares não terem apontado indícios do que ela alega nessa postagem.

Reiteramos que todas as acusações contra qualquer pessoa devem ser comprovadas. A ex companheira do Nego do Borel mais uma vez vem a público tentar macular a imagem do cantor. Medidas cabíveis serão tomadas em razão das atitudes levianas e desenfreadas da Senhora Maria Eduarda”.

Entenda o caso

Nessa sexta-feira (17/9), Duda Reis publicou um vídeo no Instagram informando que o artista havia sido indiciado por violência doméstica. À coluna de Fábia Oliveira, os defensores desmentiram a informação e afirmaram que, na verdade, Nego do Borel foi indiciado por lesão corporal devido a perturbações psíquicas. “Cumpre dizer que o fato é extremamente subjetivo, já que considerou perturbações psicológicas, e é só questão de tempo para o Leno também provar sua inocência”, consideram. A defesa do funkeiro também ressaltou que Nego já foi inocentado de outras acusações feitas por Duda.

“O cantor foi acusado de diversos crimes por sua ex-companheira e após as investigações preliminares, a delegada não encontrou provas que justificassem o indiciamento do Leno por nenhum outro crime. Devemos lembrar que Maria Eduarda acusou o Leno de estupro, de ameaças, de agressões físicas, de ter um fuzil em casa, de guardar alta quantia em dinheiro, de ter lhe passado HPV, dentre outras coisas, e tudo isso careceu de qualquer indício probatório”, concluem.

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos.

Últimas notícias