*
 

A atriz Julia Simoura estreia a peça “Matilda”, sua primeira experiência no teatro, em Brasília. A montagem será mostrada ao público nos dias 25 e 26 de novembro, no espaço Plínio Marcos (Funarte).

Conhecida do público infantil e teen pela personagem Sabrina na novela “Cúmplices de um Resgate”, do SBT, Julia vive a professora Clara Mello em espetáculo inspirado no popular livro do autor inglês Roald Dahl. A companhia brasiliense Trabalhe Essa Ideia, especialista em formar atores mirins, produz a peça.

 

Aos 13 anos, Julia topou entrar no projeto para tentar coisas novas para além da telinha. A mineira de Belo Horizonte divide a peça com outras oito crianças e quatro intérpretes adultos.

“É uma diferença muito grande para o trabalho na televisão. Na TV, a gente tem movimentos menores e fica um pouco mais preso. No teatro, a gente se solta mais, faz articulação da voz. Estou aprendendo bastante”, explica a atriz com exclusividade ao Metrópoles.

Na história, a corajosa menina Matilda usa seus talentos especiais para transformar a vida do mundo ao seu redor, especialmente da escola onde estuda. A história ganhou sua mais famosa adaptação em 1996, no filme dirigido pelo comediante Danny DeVito.

Hoje, morando no Rio de Janeiro para impulsionar a carreira, a atriz mirim tem feito testes para emplacar novos projetos. Outra frente artística que a interessa é a música. “Depois de ‘Cúmplices’, continuo estudando e tenho feito muitos shows. Em breve lanço nova canção”, anuncia.

Além do teatro, Julia gravou recentemente sua primeira experiência no cinema. Ela vive a personagem-título de “Dona Maria II, do Brasil para o Trono de Portugal”, longa dirigido por Dimas Oliveira Junior. “Logo logo estreia. Aprendi bastante”, conta a atriz.

“Matilda”
Sábado (25/11) e domingo (26/11), às 17h, no Teatro Plínio Marcos – Funarte (Eixo Monumental, entre Torre de TV e Clube do Choro). Ingressos (preço de meia-entrada): R$ 20. À venda no site Sympla. Classificação indicativa livre.

 

 

COMENTE

SBTMatildaJulia Simouracúmplices de um resgateTrabalhe Essa Ideia
comunicar erro à redação