22ª Cena Contemporânea será on-line, com espetáculos de seis países

Festival terá 13 trabalhos, além de debates sobre temas como memória, afeto e revolução

atualizado 09/06/2021 16:06

Cena Contemporânea 2021 - Never 21Divulgação

Um dos mais importantes festivais de artes cênicas do Brasil, o Cena Contemporânea ocorrerá em formato virtual e gratuito, entre os dias 1º a 10 de julho,  com 13 trabalhos que oferecem um panorama dos principais temas espelhados pela arte contemporânea.

Logo na noite de abertura, será possível conhecer trabalhos do premiado dançarino, coreógrafo e designer francês Smaïl Kanouté, discorrendo sobre o assassinato de jovens negros nas cidades de Nova York, Rio de Janeiro e Johanesburgo em Never 21.

Outros destaques são a Ana Contra la Muerte, novo trabalho do premiado dramaturgo e encenador uruguaio Gabriel Calderón, que conta com três grandes atrizes do teatro do país;  Hamlet, produção peruana que apresenta uma livre adaptação da clássica tragédia de Shakespeare com elenco inteiramente formado por atores e atrizes com Síndrome de Down; além de Reconciliação, coprodução Brasil-Portugal que vem sendo trabalhada desde 2018, para falar de reconciliação como tentativa de aceitação de limites, de respeito às diferenças.

0

Além dos espetáculos, o evento terá o Encontros do Cena, com debates sobre a relação cultural entre Brasil e países lusófonos, na perspectiva poética e artística; trabalhos criativos com pessoas com deficiência; a memória íntima e coletiva em “América do Sul: memória, afeto e revolução” e a violência presente no cotidiano de jovens negros de várias cidades do mundo.

A programação será exibida gratuitamente, com estreias no site do festival. Cada espetáculo poderá ser visto por mais três dias depois de sua estreia no canal do festival.

Programação:

QUINTA, 01 DE JULHO, 21H:

“Smaïl Kanouté – Corpo e Identidade” – França

SEXTA, 02 DE JULHO, 21H:

“Reminiscencia” – Malicho Vaca Valenzuela – Chile

SÁBADO, 03 DE JULHO:

11H – “Inspira Fundo 2” – Canal Bebe Lume – Clarice Cardell – DF/Brasil

21H – “Reconciliação” – Patrícia Portela e Alexandre Dal Farra – Portugal/Brasil

DOMINGO, 04 DE JULHO, 20H

“Exit” – Cirque Inextremiste – França

“Uma Palhaça Confinada em Gaste sua Lombra em Casa” – Ana Luiza Bellacosta – DF/Brasil

SEGUNDA, 05 DE JULHO, 21H:

“Solos para um Corpo em Queda” – Tatiana Bittar – DF/Brasil

“Estranhas” – Jonathan Andrade – DF/Brasil

TERÇA, 06 DE JULHO, 21H:

“Estro-Watts – Poesia da Idade do Rock” – Gonçalo Amorim e Paulo Furtado – Teatro Experimental do Porto – Portugal

QUARTA, 07 DE JULHO, 21H:

“À Espera de Godot” – William Ferreira – DF/Brasil

QUINTA, 08 DE JULHO, 21H:

“Preludio – Acciones del Silencio” – Diana Daf Collazos – Peru

SEXTA, 09 DE JULHO, 21H:

“Hamlet” – Chela De Ferrari – Peru

SÁBADO, 10 DE JULHO, 21H:

“Ana contra la muerte” – Gabriel Calderón – Uruguai

Serviço
22ª edição do Cena Contemporânea
De 1º a 10 de julho, no site www.cenacontemporanea.com.br
Gratuito

Mais lidas
Últimas notícias