Bolsonaro pode eliminar Ancine por desaprovar projetos, diz jornal

Segundo Mônica Bergamo, colunista da Folha, presidente da República teria achado "absurdo" reality sobre modelos trans

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 18/07/2019 10:33

Em risco desde a extinção do Ministério da Cultura no atual governo, a Ancine (Agência Nacional de Cinema) pode ser eliminada pelo presidente Jair Bolsonaro. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, há também a possibilidade de o órgão mudar de lugar: do Ministério da Cidadania para a Secom (Secretaria de Comunicação).

O assunto deve ser discutido em reunião nesta quinta-feira (18/07/2019) entre o chefe do Executivo e Osmar Terra, ministro da Cidadania.

Segundo a coluna, são dois os motivos para a insatisfação de Bolsonaro com a Ancine. Um deles seria a quantidade de projetos aprovados que ele enxerga como “absurdos”. Bergamo cita o reality show Born to Fashion, sobre modelos trans. O outro seria a competição por cargos.

Últimas notícias