Sandy e Junior: show em Brasília marca encontro de gerações de fãs

Família, crianças e jovens adultos nutrem a expectativa de ver a dupla no show deste sábado (20/07/2019)

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 20/07/2019 10:39

A segunda semana da turnê Nossa História, que marca o retorno de Sandy e Júnior aos palcos, tem gosto especial para os fãs brasilienses: a dupla retorna à capital depois de 12 anos, para apresentação, neste sábado (20/07/2019), no Estádio Nacional Mané Garrincha.

Além da volta dos irmãos juntos a Brasília, o espetáculo é mais um capítulo de um projeto que dominou a cena cultural brasileira. O show de Sandy e Junior é, facilmente, o maior evento da cultura pop nacional do ano (ao menos, até o momento).

Divulgação
Sandy e Junior no show em Salvador (BA)

No Distrito Federal, assim como nas outras capitais, o espetáculo promove um encontro de gerações. Fãs na casa dos 30 anos, que cresceram junto da dupla, vão se juntar a admiradores mais novos e, até mesmo, crianças – incapazes, pela idade, de terem vivido o ápice do duo.

Fã de carteirinha

A jornalista e empresária Nina Rocha, 31 anos, é uma clássica fã de Sandy & Junior: cresceu junto da dupla, foi a inúmeros shows, viu os dois em diversos programas de televisão e conviveu com os hits dos cantores em vários formatos – fitas, discos, DVDs e streaming.

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Nina Rocha é fã de Sandy e Junior desde criança

“Eu não me lembro exatamente quando comecei a gostar, mas era criança ainda. Amava muito mais Sandy e Júnior do que Xuxa, por exemplo. Com uns 12 anos, fiquei completamente enlouquecida por eles. Tinha todos os CDs, DVDs, revistas, gravava todos os episódios do seriado deles [exibido pela Globo]”, conta.

A paixão de Nina era tamanha, que no seu aniversário de 13 anos, ela e sua mãe, Eliane, foram a Pirenópolis (GO) para a fã acompanhar gravações de Estrela Guia, novela protagonizada por Sandy. Em uma ida ao banheiro, a menina encontrou a cantora. O choque foi tanto, que ela só conseguiu balbuciar um pedido de foto.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Começou a semana mais aguardada do ano (depois da semana da Maratona 😂) Nesta foto aí, dia 3 de junho de 2001, eu completava 13 aninhos e minha mãe me deu o melhor presente de aniversário que eu já tive na vida! Ela me levou para Jagatá (mais conhecida como Pirenópolis), para ver a gravação de Estrela Guia, novela que a Sandy era protagonista. Passei a tarde lá. Vi diversos atores, acompanhei a gravação, faltei aula, faltei prova, mas e a Sandy? A Sandy não dava pra chegar nem perto. Foi aí que eu quis ir ao banheiro e, ao abrir a porta, já no fim do dia, dei de cara com quem? Com a Sandy! Realmente foi o melhor aniversário da minha vida e um dos dias mais incríveis que eu já vivi. Sou MUITO fã de Sandy & Junior. Tive todos os CDs, DVDs, revistas, tudo o que tinha a ver com o universo deles. Reviver tudo isso de novo vai ser épico. Estou contando as horas para a #NossaHistóriaSJBrasília Sandy, te amo! Você é a minha verdadeira única ídola! 🧡 #nossahistoriasj

Uma publicação compartilhada por Nina Rocha (@rocha_nina) em

Para o show deste sábado (20/07/2019), Nina espera uma comoção. “Foi muito difícil conseguir o ingresso. Tentei Rio, Salvador, São Paulo e Salvador. Só comprei em Brasília depois da mudança para o Estádio [inicialmente seria no Ginásio Nilson Nelson]”, diz Nina.

Casa cheia

A expectativa de público em Brasília é acima da marca de 30 mil. A tirar de pela apresentação ocorrida em Recife (PE) e Salvador (BA), os brasilienses podem esperar hits como “Não Dá Pra Não Pensar, No Fundo Do Coração, Olha o Que o Amor Me Faz, As Quatro Estações, Imortal e Vamos Pular.

“Eu vejo a geração de hoje sem um ídolo nacional assim tão grande como eles. Sandy e Junior foram um fenômeno”, avalia Nina. A visão dela encontra respaldo na estudante Fernanda Suassuna, 21. Ela conheceu a dupla pela prima Isabella, quando tinha 5 anos. De lá para cá, a admiração só cresceu: a ponto de comprar artigo que só fãs do século 20 colecionavam, como fotos, pôsteres, CDs e encartes.

Igo Estrela/Metrópoles
Fernanda Suassuna irá para o primeiro show da dupla de sua vida

Na turnê de despedia da dupla, em 2007, Fernanda estava de recuperação na escola. Não conseguiu ir ao show em Brasília. Assim, a apresentação no Mané Garrincha será a primeira vez cara a cara com a dupla. “Tem um sentimento muito importante e afetivo para mim”, revela. “Eu sempre digo que pensamento e palavra têm poder”, completa.

Fernanda, que ama a música No Fundo do Coração, só conseguiu o ingresso pela ajuda da amiga Gabriela Amaral, que comprou dois na pista e um na arquibancada: este último foi revendido para Fernanda. Na dúvida, a jovem também adquiriu uma entrada para o espetáculo de São Paulo.

Várias gerações

“Sandy e Junior marcou a infância de uma geração. O público cresceu junto com eles e isso tem um poder afetivo na vida das pessoas”, comenta Fernanda.

Hugo Barreto/Metrópoles
Daniel, de 7 anos, regravou toda a obra de Sandy e Junior

O carisma dos filhos de Xororó parece não ter limites geracionais. A família formada por Hedrienny (mãe), 33, e os filhos Júlia, 5, e Daniel, 7, é fã da dupla. O menino, que é cego e autista, registrou 178 canções de Sandy e Junior, acompanhado pelo vocal da irmã.

O esforço da família foi recompensado. Eles serão recebidos por Sandy e Junior no camarim do show em Brasília – em uma promoção realizada pelos cantores.

Certa vez, Sandy postou um vídeo de Daniel nos Stories. “Não sei como chegou até ela”, pergunta-se a mãe. “Foi quando ela lançou Areia. Ele ouviu umas 40 vezes e aprendeu a música em um dia para filmarmos”, rememora.

Agenda

20/07/2019 – Brasília
02/08/2019 – Rio de Janeiro
03/08/2019 – Rio de Janeiro
17/08/2019 – Belo Horizonte
24/08/2019 – São Paulo
25/08/2019 – São Paulo
13/09/2019 – Manaus
14/09/2019 – Belém
21/09/2019 – Porto Alegre
12/10/2019 – São Paulo
13/10/2019 – São Paulo

Nossa História em Brasília
Neste sábado (20/07/2019), no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha (Eixo Monumental), às 20h30 (horário do show). Ingressos a partir de R$ 110. Classificação indicativa 15 anos. Menores de 06 a 14 anos, apenas acompanhados de pais e responsáveis legais

Últimas notícias