Revelação do pagode, brasiliense Menos é Mais assina com a Som Livre

Grupo de pagodeiros da capital também acertou com escritório que gerencia a carreira de Dilsinho e Mumuzinho

atualizado 28/08/2020 12:28

Grupo Menos é MaisVinícius Santa Rosa/Especial para o Metrópoles

Uma das maiores revelações do pagode no Brasil neste ano, o grupo brasiliense Menos é Mais acertou contrato com a gravadora Som Livre nessa quinta-feira (28/8). O grupo, que se prepara para o lançamento do primeiro álbum autoral, caminha para se firmar de vez no mercado fonográfico nacional.

“Estar ao lado de uma empresa que vai sonhar junto com a gente é importantíssimo para nossa caminhada. Conquistamos muitos sonhos como grupo independente e, hoje, esperamos encarar novos desafios em equipe. Muita gratidão!”, afirma Jorge Farias.

O grupo, formado por Gustavo Goes, Jorge Farias, Duzão, Paulinho Félix e Ramon Alvarenga, também assinou contrato para ter gerenciamento de carreira com o escritório GH Music, que cuida das carreiras de grandes artistas do gênero, como Dilsinho e Mumuzinho.

Criado há quatro anos e conhecidos do público da capital, o conjunto ganhou popularidade no cenário nacional no início deste ano, ao ter vídeo postado por Neymar. Desde então, o Menos é Mais tem feito diversos shows pelo país e bombou com músicas como Recaída e Vai Me Dando Corda.

0

Nas redes sociais o grupo tem pouco mais de um milhão de seguidores; mais de três milhões de ouvintes mensais nas plataformas digitais. O canal do YouTube já ultrapassou a marca de 1,7 milhão de inscritos e 262 milhões de visualizações em apenas 9 meses.

Últimas notícias