Retrospectiva 2018: os 10 melhores discos nacionais do ano

Lista do Metrópoles eleva grandes nomes da MPB sem esquecer as novidades do hip-hop, indie rock e sertanejo

Facebook/DivulgaçãoFacebook/Divulgação

atualizado 28/12/2018 20:27

Em 2018, os grandes figurões da música popular brasileira presentearam os fãs com álbuns de composições inéditas. Entre os destaques estão OK OK OK, de Gilberto Gil, uma obra autobiográfica que apresenta a visão política e revela detalhes afetivos da vida do baiano.

A cantora do milênio, Elza Soares, aparece ainda mais provocativa em Deus É Mulher. Ela afronta os costumes conservadores da sociedade com o disco mais rock ‘n’ roll da carreira. Ao mesmo tempo, nomes que ainda buscam se consolidar no mercado fonográfico brasileiro – como Baco Exu do Blues (foto em destaque), Silva, Carne Doce e Zé Neto & Cristiano – apresentaram discos com robustez suficiente para alcançarem posições sólidas entre os principais trabalhos deste ano.

Confira, em ordem alfabética, os melhores discos nacionais de 2018:

Últimas notícias