“Nós não temos nenhum lado. Torcemos pelo Brasil”, diz Matheus e Kauan

Os sertanejos lançam, nesta quinta-feira (1/7), Expectativa x Realidade, projeto audiovisual com participações de Zé Vaqueiro e Tierry

atualizado 30/06/2021 20:46

Instagram/Reprodução

Juntos, os irmãos Matheus e Kauan têm mais de 8 milhões de seguidores, só no Instagram. A influência na redes sociais, conquistada ao longo dos 11 anos da bem-sucedida carreira musical, não será usada para fins políticos, no que depender dos cantores.

Em coletiva virtual para divulgar Expectativa x Realidade, álbum com seis canções inéditas que chega às plataformas digitais nesta quinta-feira (1/7), os irmãos disseram não ceder às atuais cobranças para posicionamento público sobre os rumos do país.

“A gente não tem lado, a gente quer que o país cresça, que as nossas crianças possam ter mais saúde, educação e segurança. Torcemos pelo Brasil”, afirma Kauan. “O julgamento virtual não é legal. A gente quer viver num país melhor, e que as pessoas se unam em prol disso, não em se dividir em lados”, completou Kauan.

 

Capa do álbum audiovisual Expectativa x Realidade, de Matheus & Kauan

Gravado em maio deste ano, com direção de Anselmo Troncoso e produção de Lucas Santos, Expectativa x Realidade lembra uma brincadeira famosa entre internautas, mas não foi pensada, exclusivamente, para se tornar um hit-viral.

“No início nós não pensamos por esse lado. Matheus & Kauan criou um estilo musical próprio e sempre focamos no que a gente já fez lá atrás. Mas é claro que sabemos do potencial gigantesco de viralização, por ser uma gíria que todo mundo usa, e podemos usar isso a nosso favor”, explica Matheus.

Das seis faixas, duas já estão entre as mais ouvidas nos serviços de streaming: Viciado, que promove o encontro da dupla com o forrozeiro Tierry, e Vagabundo, canção que figura no Top 50 do Spotify. O clipe da parceria com Zé Vaqueiro também fez sucesso e já foi visto mais de 14 milhões de vezes no YouTube.

“A nossa música sempre teve identidade. A gente se preocupa muito com o que a gente vai falar, se é algo que todo mundo pode ouvir e esse álbum a gente teve um tempo maior para preparar, para pensar, para compor. Tem a nossa identidade enraizada. Cada música conta uma história diferente. Tenho certeza que quem gosta da nossa música vai se identificar com algumas das canções”, ressalta Kauan.

Últimas notícias