Uma história possível de ser vivida por milhares de jovens e um refrão chiclete que gruda na cabeça. Com essa receita, Jenifer, música composta por oito goianos e interpretada por Gabriel Diniz, chegou ao topo da lista das 50 faixas mais ouvidas do país no Spotify. E virou um fenômeno nas redes sociais. “Quando gravei, imaginei que iria agradar aos meus fãs, mas não tinha noção da repercussão que daria e superou todas as minhas expectativas”, ressalta Gabriel Diniz.

Grande parte do sucesso é devido ao clipe, lançado em setembro e que ultrapassa 70 milhões de visualizações no YouTube. Dirigido por Bruno Fioravanti, o vídeo também chama atenção pela quebra de paradigmas, ao colocar uma atriz plus size (Mariana Xavier) como protagonista. Nas imagens, o cantor troca a modelo e ex-BBB Aline Gotschalg, pelo match do aplicativo. “A produção do clipe foi uma ação em conjunto. A gravadora participou bastante de toda concepção. Fomos muito felizes com a escolha da direção até ao casting”, afirma o cantor.

Apesar do estouro recente, a música de Gabriel Diniz ficou pelo menos três meses “esquecida” nas plataformas digitais do cantor, até ser descoberta por internautas e cair de vez no gosto popular. “Ela cresceu após a viralização do meme. Muita gente só conheceu a faixa depois de receber a brincadeira no celular”, acredita Solano Reis, diretor artístico da Rádio Metrópoles FM.

Divulgação

O videoclipe de Jenifer conta com a participação da atriz Mariana Xavier e da ex-BBB Aline Gotschalg

 

De acordo com Solano, atualmente há um bombardeio muito grande de lançamentos na internet. “Isso dificulta que as pessoas acompanhem todas as novidades. Hoje em dia, a não ser que a divulgação seja muito forte, demora para uma faixa se destacar”, considera.

Depois do boca a boca virtual, o crescimento foi meteórico. “Nós só a colocamos na programação na primeira semana de janeiro e ela já está entre as cinco músicas mais pedidas pelos nossos ouvintes”, afirma o radialista.

Para Solano Reis, caso não surja uma nova canção com potencial nos próximos dias, Jenifer será, com certeza, o hit do Carnaval 2019. O intérprete da canção está na torcida. “Neste ano estamos recheados de projetos, singles e parcerias novas, se Deus quiser, quero muito chegar a concretizar o sonho de Jenifer ser a música do Carnaval”, completa o intérprete do sucesso.

 

Trajetória até o topo
Atualmente com mais de 17 milhões reproduções no Spotify, a música composta em Goiânia por Allef Rodrigues, Fred Wilian, João Palá, Junior Avelar, Junior Bolo, Leo Sousa, Thales Gui e Thawan Alves chegou a ser desprezada pelo sertanejo Gusttavo Lima. “Como o repertório do cantor é mais romântico, ele acreditou que a faixa não era o seu perfil”, revela Solano.

Já o ritmo dançante que mistura forró, pagode e sertanejo era a cara do paraibano de João Pessoa Gabriel Diniz. O artista decidiu comprar todos os direitos autorais do goiano e apostou no hit. “Ele estava certo, a música é alegre e tem todas as características de sucesso de Carnaval”, conclui o diretor.