Internautas fazem campanha para cancelar DJ Ivis no Spotify

O artista foi exposto pela esposa, Pamella Holanda, de 27 anos, em imagens chocantes de espancamento

atualizado 12/07/2021 9:40

Dj IvisReprodução

Revoltados com as imagens em que Pamella Holanda aparece sendo espancada pelo marido, DJ Ivis, internautas iniciaram na noite de domingo (11/7) uma campanha para boicotar o músico no Spotify e no Deezer. Atualmente, Ivis ocupa as primeiras posições dos charts brasileiros das plataformas, com hits como Esquema Preferido, Volta Bebê Volta Neném e Não Pode Se Apaixonar.

“Passo a passo de como acabar com a vida de um agressor famoso, vulgo DJ Ivis: 1- abra seu spotify; 2- pesquise: DJ Ivis; 3- clica nos três pontinhos logo ali do lado; 4- aperte a opção: “NÃO TOCAR ESSE ARTISTA”. Simples e fácil, Faça a sua parte e diga não a agressão à mulher“, escreveu um internauta, em um post compartilhado por pelo menos 1 mil pessoas.

0

Apesar da reação de parte da web, artistas e até empresas com quem Ivis trabalhava — a Vybbe, empresa de Xand Aviões, por exemplo, anunciou o desligamento dele do casting —, o DJ ganhou pelo menos 200 mil seguidores no Instagram após a polêmica, o que também gerou discussões acaloradas no Twitter.

“Só uma pergunta… Por que o DJ Ivis está nos stories e não preso? Porque ele GANHOU seguidores depois de todos esses vídeos? Todo meu apoio a Pamella”, postou um usuário do Twitter.

“Iverson de Souza Araújo,mais conhecido como DJ Ivis, agrediu a mulher Pamella Holanda,de 27 anos, em 1° de julho, e depois de tê-la ameaçado com uma faca não foi preso nem por 2 min. Com laudos e vários vídeos comprovando as agressões. Ainda ganhou seguidores. O Brasil é um lixo”, lamentou outro.

 

Últimas notícias