Evoluiu: veja os artistas que se destacaram no funk em 2019 

Gênero "retorna" ao Rio de Janeiro com as batidas aceleradas do 150 bpm e vê afirmação do brega, um estilo nordestino

atualizado 15/12/2019 10:11

Reprodução / Daniel Pinheiro - AgNews

As batidas cariocas do funk tomaram conta do Brasil em 2019. O gênero se reinventou, novas vertentes apareceram e nomes como Kevin O Chris e Mc Rebecca estouraram na cena nacional e chamaram a atenção até mesmo de artistas internacionais. 

Depois do sucesso da versão paulista, o funk voltou a terras cariocas e se reinventou no 150 bpm. Os beats acelerados tomaram conta do país com artistas como Kevin O Chris, FP do Trem Bala e Rennan da Penhaque em um ano colocaram o funk do “rio de janê” novamente no topo.

A parceria entre Kevin e FP foi sinônimo de sucesso em 2019. Em março, a dupla lançou Vamos pra Gaiola, hit que já tem mais de 72 milhões de visualizações e esteve entre as mais ouvidas nas plataformas de streaming durante um bom tempo. O funkeiro chamou atenção até mesmo do rapper canadense Drake, que regravou o sucesso Evoluiu. 

Quem também surgiu e já fez barulho esse ano, foi a carioca MC Rebecca. Apadrinhada por Anitta, a cantora estourou com o hit Sento com Talento e, atualmente, está entre as mais escutadas no Deezer e Spotify, com o single Combatchy, feat com a Poderosa, Lexa e Luisa Sonsa

Mistura do brega eletrônico com as batidas do funk, o brega funk se firmou de vez entre os principais estilos do país em 2019. O gênero fincou a bandeira de Recife na cena nacional. Artistas como Dadá Boladão e Pedro Sampaio estiveram entre as cinco mais escutadas do Spotify no ano.

Confira abaixo quem se destacou no funk em 2019:

0

 

Últimas notícias