Zeroneutro: estúdio do Natiruts promove cena musical de Brasília

Desde 2017, o Zeroneutro Studios é o templo musical do grupo brasiliense e já recebeu nomes relevantes da cena nacional como Carlinhos Brown

atualizado 02/12/2019 12:55

Alexandre CarloIgo Estrela/Metrópoles

Composição, gravação, mixagem e masterização. É no estúdio onde a mágica sonora acontece e quando a inspiração de um artista toma forma para ganhar o mundo. Templo musical da banda Natiruts, o Zeroneutro Studio saiu de um sonho particular dos regueiros brasilienses para se transformar em espaço de fomento da cultura local.

O estúdio estreou sua estrutura recebendo os versos de positividade de Índigo Cristal – sétimo disco da carreira do Natiruts, lançado no final de 2017. De lá para cá, o vocalista Alexandre Carlo abriu as portas de sua casa, onde o estúdio está montado, para talentos da nova e velha geração do mercado fonográfico brasileiro.

“Nós crescemos com a ideia de que artistas de Brasília precisam morar fora. O que fizemos foi trazer um lugar de grande qualidade, coerente com o grande material humano que temos na cidade”, afirma Alexandre.

Divulgação
Para quem trabalha com música, o Zeroneutro Studio é um parque de diversões. “A sonoridade que está saindo daqui é peculiar”, diz o vocalista do Natiruts

Em entrevista ao Metrópoles, Alexandre faz questão de ressaltar que o Zeroneutro não é um estúdio comercial, e sim um espaço de encontro de amigos e celebração da música. “Como conhecemos muita gente, ele anda movimentado”, brinca o vocalista.

Entre os nomes que passaram por lá, estão desde pratas da casa como João Ferreira, professor da Escola de Música de Brasília (EMB), a estrelas nacionais como o pagodeiro Thiaguinho.

“Trazer outros artistas para gravar aqui foi algo que aconteceu naturalmente. As pessoas querem estar próximas do ambiente onde o Natiruts grava, pois todos têm muito carinho pelas nossas canções. E para a gente é uma felicidade ser prestigiado por nomes dos quais somos fãs”, considera Alexandre.

O último astro a aterrissar na capital federal para aproveitar as novidades da produtora brasiliense foi o indicado ao Oscar, Carlinhos Brow. Partiu do ex-técnico do The Voice Brasil, reality musical da TV Globo, o convite para uma parceria musical com o Natiruts. De acordo com Alexandre, um reggae simples – “como deve ser”–, mas carregado de personalidade e das singularidades do baiano e dos calangos do cerrado. “Foi um dia muito agradável, histórico mesmo. Depois da gravação fizemos um jantar, confraternizamos. Todo mundo do estúdio é superfã e ele é uma pessoa incrível”, elogia.

0
Estrutura de primeira

Alexandre considera a sonoridade produzida em seu estúdio “peculiar”. O motivo, segundo o músico, é o esmero na montagem do local. “Desde o chão, da parte elétrica até o cabeamento”, salienta. Com todos os equipamentos “de primeira”, especializados e direcionados para as gravações, o resultado não poderia ser outro: “Quem entende um pouquinho mais dessa coisa de tirar som se interessa em vir conhecer”, explica.

O vocalista deixa claro não estar desmerecendo nenhum espaço precursor da capital. “Existem outros estúdios tradicionais aqui, que tiram um grande som e a gente veio apenas contribuir com isso. A ideia da Zeroneutro é poder possibilitar aos grandes artistas de Brasília, a chance de gravar no mesmo nível de outras capitais como Fortaleza, São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre”.

Gallo Bluguermann/Divulgação
Natiruts viajou até Buenos Aires, na Argentina, para a gravação do DVD América Vibra, na famosa casa de shows Luna Park
Projetos internacionais

Depois de I Love (2018), álbum lançado e produzido pelo vocalista Alexandre Carlo, no estúdio Zeroneutro, — oitavo CD do power trio composto de nove faixas e participações como Morgan Heritage, Gilberto Gil e Katchafire –, o grupo está em fase de produção de um novo DVD.

América Vibra foi gravado em Buenos Aires, na Argentina, na icônica casa de shows Luna Park. O teatro já recebeu nomes como Frank Sinatra, e os brasileiros Gil, Caetano Veloso e Milton Nascimento. “Estamos muito felizes de representar o Brasil, e, especialmente, Brasília”, garante Alexandre Carlo. O novo trabalho tem previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2020.

Últimas notícias