Corpo do músico Bira será cremado em cemitério de São Paulo

O baixista faleceu neste domingo (22/12) aos 85 anos em consequência de um AVC. Seu bom humor foi lembrado nas redes sociais

atualizado 22/12/2019 17:04

TV Globo/Reprodução

O velório do músico Bira, baixista que trabalhava no programa de Jô Soares, está sendo realizado no cemitério do Morumbi, em São Paulo. A despedida começou às 17h e a previsão é que o corpo seja transportado para o cemitério da Vila Alpina, na zona leste da capital, às 22h, onde será cremado.

Bira faleceu aos 85 anos na manhã deste domingo (22/12/2019) em consequência de um AVC. O bom humor do músico baiano foi lembrado por famosos durante o dia de hoje.

O apresentador Serginho Groismann escreveu: “Sempre bem-humorado adorava conversar sobre música e sobre o Corinthians também sua paixão. Ótimo instrumentista era uma companhia alegre nos corredores por onde trabalho”.

O músico Nando Reis lembrou a risada de Bira, que era uma espécie de marca registrada: “Sua alegria contagiante era fundamental para quebrar o nervosismo que sempre toma conta de mim quando tenho que fazer televisão. Sua risada inconfundível era uma marca do programa”.

0

O ator Lúcio Mauro Filho, que perdeu o pai neste ano, também dedicou palavras para o amigo: “Ah 2019, chega! O ano que não termina nunca leva embora mais uma figura muito querida, Ubirajara Penacho dos Reis, o Bira. Sempre me recebeu com muito carinho, desde a primeira vez que fui ao Jô Onze e Meia, ainda no SBT. Meus sentimentos e carinho à toda a família desse cara que vai fazer uma falta danada! Vai em paz Bira e cheio de Grooves!”

Nascido na Bahia, Ubirajara acompanhava Jô Soares desde os tempos que o apresentador tinha programa no SBT

Últimas notícias