Cantor Al Jarreau morre nos EUA depois de quatro dias internado

Sete vezes vencedor de Grammys, Jarreau faleceu ao lado da família, em Los Angeles. Ele havia sido internado por exaustão

atualizado 12/02/2017 21:58

Reprodução/Facebook

Aos 76 anos, o artista norte-americano Al Jarreau, conhecido pelo trabalho dedicado ao jazz, pop e R&B, morreu na manhã deste domingo (12/2) depois de quatro dias internado por exaustão. Sete vezes vencedor de Grammys, Jarreau faleceu ao lado da família, em Los Angeles, nos Estados Unidos. O cantor se apresentaria no 6º Festival Música em Trancoso, na Bahia, no dia 22 de março.

A equipe do artista usou as redes sociais para informar que, durante o período em que esteve internado, Jarreau contou com o carinho da esposa, do filho, da família e dos amigos. Na mensagem, eles pedem que os fãs não mandem flores ou presentes para homenagearem o artista.

“Em vez disso, façam doações para a Wisconsin Foundation for School Music, uma fundação que oferece apoio a professores e estudantes de música”, pediram.

Em uma mensagem no site oficial do cantor, a equipe fala também um pouco sobre as prioridades que Jarreau teve na vida: “A segunda era a música e não havia 3ª. A primeira prioridade, muito à frente da outra, era curar ou reconfortar alguém que necessitava. Se era dor emocional, ou desconforto físico, ou qualquer outra causa de sofrimento, ele precisava colocar nossas mentes à vontade e nossos corações em repouso. Ele precisava ver um sorriso caloroso e afirmativo onde não havia havido antes”, diz o texto. Ao finalizar o agradecimento pelo companheirismo, a equipe do artista disse que ele “completou seu ministério de maneira graciosa.”

Mais lidas
Últimas notícias