Banda Menos é Mais lança o De volta pra Casa, em parceria com a R2

Brasília receberá de volta, dia 16 de janeiro o grupo de pagode Menos é Mais, em parceria da R2 com a Bem Dito Produções

atualizado 06/12/2021 18:25

Menos é maisRibeiro Ricardo

Eles que vêm conquistando o Brasil inteiro com muito pagode desde o início da pandemia voltam para a cidade onde tudo começou: Brasília. O Menos é Mais juntamente com a R2 e a Bem Dito Produções abraçam a cidade que promoveu a ascensão do grupo e lançam o De volta pra casa, projeto especial de agradecimento ao público que esteve com o quinteto quando tudo começou. O evento acontecerá no dia 16 de janeiro, no Estádio Nacional de Brasília, e promete ser em formato inédito, com estrutura diferenciada e diversas atrações surpresas.

O público brasiliense nunca teve a chance de experimentar um grande show do Menos é Mais, devido ao sucesso da banda ter vindo no mesmo ano da pandemia, em 2020. Com o avanço da vacinação e a flexibilização do setor de eventos, a comissão de frente do projeto espera para o reencontro, um público numeroso e de todos os lugares da cidade. As vendas dos ingressos para o Menos é mais de volta pra casa começam na próxima terça feira (7/12).

A expectativa é que esse evento seja anual e exclusivo de Brasília, pois além de muita música eles irão compartilhar conteúdos sobre a trajetória dos últimos dois anos, os desafios que enfrentaram no início da carreira e o sucesso atual. No Instagram da banda eles afirmam estar com saudade dos fãs brasilienses: “Fomos abraçados pelo Brasil e estamos voltando para abraçar a nossa Brasília, pois viajar é bom demais, mas voltar pra casa é melhor ainda. ”

Grupo Menos é Mais

Com um repertório animado, que mescla regravações e músicas autorais, o Menos é Mais lota casas por onde passa. O grupo é formado por cinco integrantes, o Duzão (vocalista), Gustavo Goes (percussionista), Jorge Farias (percussionista), Paulinho Félix (percussionista) e Ramon Alvarenga (percussionista).

O DNA do pagode brasiliense guia o grupo pelos estados do Brasil. Se por um lado, o calor dos palcos é contagiante e motivador, por outro, os pagodeiros de Brasília acumulam mais de 4 milhões de ouvintes mensais nas plataformas musicais. O canal do Youtube, por sua vez, conta com mais de 3 milhões de inscritos.

Mais lidas
Últimas notícias