Após tumulto, PM critica organização de show de Marília Mendonça

Membros da plateia foram vítimas de arrastões em apresentação que lotou a Praça da Estação, em Belo Horizonte

YouTube/ReproduçãoYouTube/Reprodução

atualizado 08/10/2019 19:55

O porta-voz da Polícia Militar de Minas Gerais, major Flávio Santiago, fez duras críticas à organização do show surpresa de Marília Medonça em Belo Horizonte, que aconteceu na última segunda-feira (07/10/2019).

O evento faz parte do projeto Todos os Cantos, que leva shows gratuitos da artista para vários lugares do Brasil para a gravação de um documentário.

Durante coletiva de imprensa, o major informou que a empresa organizadora da apresentação omitiu o nome da cantora no ofício enviado à PM como parte da estratégia do evento.

Segundo ele, a polícia não teve tanto tempo hábil para se preparar. “Os órgãos tiveram pouquíssimo tempo para a reestruturação de seus trabalhos”, afirmou.

De acordo com o porta-voz, foram 46 registros de ocorrência e 14 pessoas presas no total, sendo cinco delas por arrastões. O público, segundo ele, foi de “no mínimo 50 mil pessoas”.

“Consideramos que, em face da irresponsabilidade do organizador, tanto a prefeitura quanto a polícia militar conseguiram reduzir danos e fazer com que o evento acontecesse ainda com segurança”, prosseguiu.

Major Santiago afirmou que o organizador do evento já foi avisado das providências que serão tomadas contra a empresa em âmbito civil e penal, todas chanceladas pelo Ministério Público.

Procurada, a assessoria de Marília Mendonça afirmou que nos shows do projeto Todos Os Cantos “todas as autoridades locais são previamente avisadas e as autorizações solicitadas aos órgãos de segurança local”, que a produção seguiu as “orientações das autoridades locais” e ainda “contratou um contingente de mais 100 seguranças”.

A cantora ainda “lamenta profundamente os fatos relatados e reforça que o projeto é uma maneira de retribuir ao seu público, através do show gratuito, o carinho que recebe dos fãs”.

Veja a íntegra da nota enviada pela assessoria de imprensa de Marília Mendonça:

– O projeto “Todos Os Cantos” consiste em fazer surpresa aos fãs de uma determinada cidade. A cantora chega em um local previamente organizado pela produção e realiza um show gratuito.

– A surpresa é para o público. Todas as autoridades locais são previamente avisadas e as autorizações solicitadas aos órgãos de segurança local, que libera o alvará para a realização do evento.

– Em cada cidade é feita uma estimativa de público, que dependendo do local, pode ser maior ou menor. Em Belo Horizonte, além das equipes da Policia Militar e da Guarda Civil, a produção da cantora contratou um contingente de mais 100 seguranças privados, além de seguir todas as orientações das autoridades locais.

– Marília lamenta profundamente os fatos relatados e reforça que o projeto é uma maneira de retribuir ao seu público, através do show gratuito, o carinho que recebe dos fãs. A cantora lamenta ainda o fato de que infelizmente, esse tipo de situação tem se tornado rotineira em eventos, pagos ou não, que acumulam um grande número de pessoas no Brasil.

Últimas notícias