Rock in Rio: fiscalização encontra trabalhadores dormindo sob palco

Órgão ligado ao Ministério da Economia assinou termo de ajuste de conduta com organização que impede pernoites na área do festival

Reprodução/DivulgaçãoReprodução/Divulgação

atualizado 05/10/2019 17:55

A fiscalização da Superintendência Regional do Trabalho no Rio de Janeiro, ligada ao Ministério da Economia, assinou um termo de ajuste de condutas com o Rock in Rio, após encontrar trabalhadores dormindo embaixo do palco Sunset na manhã deste sábado (05/10/2019).

Funcionários da empresa Entreartes, que trabalham carregando equipamentos, foram fotografados dormindo no chão, próximos de fiações elétricas.

O termo assinado, juntamente com o Ministério Público do Trabalho, tem por objetivo controlar o horário dos trabalhadores e impedir pernoites na área do festival de música e impedir a jornada dobrada.

Os auditores fiscais haviam encontrado na sexta-feira (04/10/2019) irregularidades no controle de horário de trabalhadores como falta de marcação de pontos e jornadas seguidas. Também neste sábado, um trabalhador precisou ser atendido após um equipamento pesado cair em seus pés. Ele disse que estava trabalhando desde as 17h de sexta-feira.

(Com informações da Agência Estado)