Kanye West: indústria da música e NBA são “navios negreiros modernos”

O rapper fez um longo desabafo em seu Twitter e relembrou desafeto com o músico Drake, afirmando que ele ainda deve desculpas por ameaças

atualizado 15/09/2020 14:18

Kanye WestGilbert Carrasquillo/GC Images via Getty Images

O rapper Kanye West voltou a desabafar na web, nessa segunda-feira (14/9), dois anos após acusar Drake de ameaçar sua família de morte. “Preciso de um pedido público de desculpas de J Cole e Drake imediatamente. Sou Nat Turner… Estou lutando por nós”, escreveu.

“Eu sou o segundo negro mais rico dos EUA… Preciso de todos meus iguais comigo para nos libertarmos. Também estou esperando encontrar Sean Carter”, escreveu ele, que se corrigiu em seguida. “Desculpem. Eu quis dizer Shawn Carter [nome de batismo de Jay-Z], ainda escreveu ele.

“Não sou irmão da indústria… não me importo… estou a serviço de Cristo … precisamos da cura mundial… sinto falta dos meus irmãos… me recuso a discutir com homens negros nos rótulos que nós não possuímos… nem mesmo o Twitter. Tenho o maior respeito por todos os irmãos… precisamos nos conectar e respeitar uns aos outros… chega de zombar uns dos outros em rótulos que não pertencemos”, seguiu o rapper.

0

Kanye West ainda aproveitou para falar sobre o racismo e morte de negros nos Estados Unidos. Ele afirmou que não vai “assistir meu povo ser escravizado” e disse que a “indústria da música e a NBA [liga de basquete americana] são navios negreiros modernos”.

“Eu sou o novo Moisés de vocês. Preciso rever os contratos de todos na Universal e Sony”. Na bíblia, Moisés libertou os hebreus da escravidão, abrindo o Mar Vermelho para que eles fugissem.

Treta com Drake

Em dezembro de 2018, Kanye West escreveu em seu Twitter que temia por sua segurança, já que Drake havia ligado para ele “tentando ameaçar”.

“O garoto do show do [rapper] Pusha T está em estado grave. Desde que isso aconteceu, ele vem tentado me provocar e me atacar. Então, Drake, se algo acontecer comigo ou qualquer um da minha família, você será o primeiro suspeito. Então, pare com essas agressões verbais. Isso não me diz respeito”, começou Kanye.

“Jamais ameace North, Saint e Chicago [únicos filhos de Kanye com Kim na época], meu. Jamais ameace o pai de North, Saint e Chicago, meu. Estes tuítes não são emotivos. É de um homem pra outro homem que foi colocado na área para ferrar com a cabeça de Kanye West e me incriminar”, diz outro combo de posts do rapper.

Últimas notícias