Juliana Paes diz que, se não fosse a publicidade, sairia de redes sociais

"Muita coisa desse ambiente eu deleguei", afirma a atriz Juliana Paes após ser diagnosticada com transtorno de estresse pós-traumático

atualizado 18/08/2021 9:51

Instagram/Reprodução

Rio de Janeiro – A atriz Juliana Paes passou a evitar as redes sociais para enfrentar sensações de angústia. Desde 2019, quando encenava na novela “A dona do pedaço”, ela diz ter sensações de angústia, palpitações e crises de labirintite.

“Muita coisa desse ambiente eu deleguei”, diz em entrevista ao jornal O Globo. “Como sou essa pessoa que está sempre rindo, alegre, o entorno não credibiliza essas dores. Era como se eu não estivesse autorizada a ficar triste. Isso me atrapalhou muito nesse processo, até com a família”.

Com o fim da novela, Juliana Paes buscou ajuda médica e foi diagnosticada com transtorno de estresse pós-traumático.

“Entendi que tive um surto de ansiedade, depois, outras pequenas crises. Por lutos não vividos, estafa, o trauma com a voz, tudo que não digeri. E digerir é falar, né? A gente tem que poder falar sem ficar com vergonha”, conta a atriz.

Durante as gravações, a atriz passou por uma sucessão de perdas, dentre elas dois tios e sua cadela. Com a pandemia da Covid-19, a situação de ansiedade se agravou e foi necessário continuar com os tratamentos.

0
Discussão com Samantha Schmütz

Além disso, Juliana Paes conta que a terapia foi fundamental para lidar com as alfinetadas entre ela e a comediante Samantha Schmütz.

Em junho deste ano, as atrizes começaram um pé de guerra nas redes sociais devido a posicionamento político. Na ocasião, Paes fez a defesa da médica Nise Yamaguchi, que concedeu relatos à CPI da Covid-19. A atriz se mostrou contrária ao tratamento que a médica recebeu de senadores na sessão.

Pouco depois, ela publicou um vídeo onde afirmou não ser “bolsominion” e de direita. Porém, afirmou que “não apoia os delírios comunistas da extrema-esquerda”.

“Cara colega, apesar de eu ter sido agredida por suas palavras caluniosas, de ter sido invadida pela sua mensagem de noite, de ter sido acusada de ser covarde, desonesta, criminosa, eu me dispus a te responder por todas as cenas que eu me emocionei do seu lado”, começou ela, sem citar nomes.

Posicionamento de artistas

A briga entre as atrizes acabou desencadeando uma série de outros posicionamentos de artistas. A discussão dividiu as celebridades em dois lados: os que criticaram e os que apoiaram a fala de Juliana Paes.

Em julho, Paes voltou a criticar Schmūtz. Em resposta a uma publicação da economista Renata Barreiro, sobre os protestos em Cuba, a atriz censurou, supostamente, o silêncio da comediante sobre o tema.

A “alfinetada” dividiu os seguidores nos comentários. “Juliana deve estar pleníssima neste momento”, disse uma seguidora. “Você ainda não aprendeu né? Mesmo depois de tudo. Socorro, Juliana! Saia da bolha”, criticou outro.

Mais lidas
Últimas notícias