Flávio Bolsonaro posta montagem de João Montanaro: “Tal qual Casimiro”

O filho do candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) já havia publicado uma imagem do streamer com o número do pai

atualizado 25/10/2022 14:33

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Após divulgar uma montagem de Casimiro, em que o streamer aparece com o número de Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro agora compartilhou uma charge alterada de João Montanaro. O cartunista utilizou o Instagram, nesta terça-feira (25/10), para mostrar a ilustração verdadeira, referente às eleições de 2018.

“Tal qual Casimiro, também fui vítima de Flávio Bolsonaro”, escreveu o cartunista João Montanaro no Twitter. Com a legenda, o ilustrador publicou as duas imagens: a original, publicada na Folha de S. Paulo, em 2018, e que mostrava a ausência de Jair Bolsonaro em um debate com Fernando Haddad e postada por Flávio, que altera a situação e coloca o candidato Lula se escondendo do atual presidente da república.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
0

O streamer Casimiro Miguel foi vítima de uma fake news envolvendo a eleição presidencial. Em uma montagem, o influenciador digital aparece segurando dois balões de festa formando o número de Jair Bolsonaro, candidato à reeleição pelo PL. A imagem é falsa. Na foto verdadeira, ele segura um balão com o número 2 e outro com o número 9 para comemorar seus 29 anos.

A montagem falsa foi compartilhada pelo senador Flávio Bolsonaro (PL) nas redes sociais e enganou seguidores que acreditaram no apoio de Casimiro ao atual presidente. Entretanto, o streamer já declarou apoio a Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e oposição total a Jair Bolsonaro.

No Twitter, o streamer repudiou a atitude de Flávio e recebeu mais de 1 milhão de likes, recorde no Brasil da plataforma. “Assim que acordei, vi a montagem tosca feita com o intuito de enganar o eleitor a uma semana do 2° turno. Repudio a utilização da minha imagem sem autorização para fins eleitorais e reafirmo minha posição de insatisfação com o atual governo. Como sabem, dia 30 meu voto é 13”, pontuou Casimiro.

Mais lidas
Últimas notícias