Entenda a trama do quadrinho censurado por Marcelo Crivella na Bienal

A Cruzada das Crianças chegou ao Brasil em 2012, publicado em um especial pela Panini. Em 2016, a editora Salvat deu sequência à HQ

Panini/ReproduçãoPanini/Reprodução

atualizado 06/09/2019 15:26

Adormecida desde 2010, data do seu lançamento no Brasil, a história em quadrinhos Os Vingadores – A Cruzada das Crianças voltou aos holofotes nesta sexta-feira (06/09/2019). O motivo foi a determinação do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), de retirar a obra da Bienal do Livro. Segundo o político, que também é ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, a obra oferece “conteúdo sexual para menores”. A repercussão em relação à decisão do prefeito foi tamanha, que, ao abrirem as portas da feira do livro,  os exemplares se esgotaram em apenas 29 minutos.

Voltado ao público adulto, A Cruzada das Crianças foi um especial em nove edições publicado pela Marvel em 2010. No Brasil, a Panini trouxe a saga em um especial em 2012, com a sequência editada pela Salvat, em 2016. Apesar de os protagonistas serem assumidamente gays, a trama do quadrinho passa longe de ter a sexualidade dos personagens como foco da história. Em A Cruzada das Crianças, temos os jovens Billy Kaplan (codinome Wiccano, um feiticeiro) e Thomas Shepherd (codinome Célere, um velocista), que podem ser os filhos tomados de Wanda Maximoff (da HQ Feiticeira Escarlate).

Enquanto os jovens procuram por suas origens, Os Vingadores esperam fazer com que a vilã pague por seus crimes, e decidem vigiar os passos dos gêmeos. Com a equipe criativa formada por Allan Heinberg, no roteiro, e Jim Cheung, nos desenhos, a confusão começa quando, confrontado por vilões, Wiccano solta um clarão e deixa todos ao redor em coma. Os poderes do personagem preocupam cada vez mais os Vingadores. Afinal, qual limite de poder do adolescente, de 16 anos, e o quanto ele consegue controlá-lo?

Romance

O relacionamento de Wiccano e Hulkling é tratado de maneira natural. Presos no QG dos Vingadores, eles dividem um quarto com camas de solteiro. Logo, Wiccano transforma o lugar e cria uma cama de casal. Os dois adolescentes se apaixonam e se protegem. A aventura se intensifica com a tentativa de resgate realizada pelo restante da equipe dos Jovens Vingadores, que dão de cara com Magneto durante a ação. Aí o caos está armado, com Magneto, Vingadores e Jovens Vingadores no mesmo mesmo lugar.

Publicação Original: Avengers: The Children’s Crusade . Edições de 1 a 9, Marvel (2010). No Brasil: Os Vingadores Especial – A Cruzada das Crianças .  Edição 1, Panini (2012). Edição 2, Salvat (2016). Roteiro/Arte: Allan Heinberg/ Jim Cheung.

Últimas notícias