Duda Reis acusa Nego do Borel de violar medida protetiva após tatuagem

Após repercussão na mídia, advogada de Duda afirmou que pedirá investigação contra o funkeiro

atualizado 07/02/2022 9:49

reprodução

Nego do Borel surpreendeu os internautas ao mostrar que “refez” a tatuagem para a ex-noiva, Duda Reis. Ao invés de apagar o nome da modelo, que o acusou de agressão, ele decidiu dar uma “repaginada” no desenho: incluiu as palavras “William e” e “do Borel”. Segundo o cantor, a mudança é uma homenagem a uma dupla de MCs.

“Relíquias do funk, MCs William e Duda do Borel. Duda muitas vezes me inspirou para eu ser quem sou hoje, então esse nome vai ficar marcado em minha vida”, escreveu ele, na publicação.

Em entrevista ao Uol, a advogada Izabella Borges, que defende Duda, afirmou que a divulgação da tatuagem pode ser considerada uma infração. Desde novembro de 2021, uma medida protetiva proíbe o cantor de fazer, direta ou indiretamente, qualquer referência à Duda. Agora, ela pede uma investigação contra ele por descumprimento da medida.

0

“Além disso, ele traz, de novo, o caso à mídia e revitimiza Duda, pois esse fato saiu em diversos os veículos. Ela fica desestabilizada, tendo que falar novamente sobre o que aconteceu”, afirmou Borges.

“Toda mulher tem uma vulnerabilidade. A Duda é uma pessoa pública, e ele consegue facilmente atingí-la quando movimenta a opinião pública para falar sobre o caso, quando deixa dúvidas no ar, quando ele cria notícias ou incita a falarem sobre ela, como ele fez, mesmo com a proibição”, completou a advogada.

7

Borges disse ainda que pedirá uma audiência de advertência ao cantor antes de ser aplicada a punição prevista em lei. O descumprimento de medida protetiva tem pena de três a dois anos de reclusão.

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos.

Mais lidas
Últimas notícias