Crise? Globo pode demitir até 100 funcionários nos próximos dias

Segundo Sindicato dos Radialistas de São Paulo, a própria emissora anunciou os cortes em reunião tensa e com bate-boca

Reprodução/TV GloboReprodução/TV Globo

atualizado 12/10/2019 17:52

Dezenas de funcionários da Rede Globo devem perder seus postos de trabalho nos próximos dias. De acordo com o Sindicato dos Radialistas de São Paulo, a emissora tem intenção de demitir entre 70 e 100 operadores das chamadas UPE (Unidades Portáteis Externas), responsáveis pelo deslocamento das equipes de jornalismo e pela montagem do equipamento necessário para as gravações externas. 

O anúncio foi feito pela própria empresa em reunião que, segundo a representação, foi tensa e terminou com bate-boca.

Com a demissão dos operadores, a ideia é transferir o trabalho de motorista a uma empresa terceirizada e preparar kits para que os próprios cinegrafistas cuidem da montagem da luz e da câmera. 

Em nota, a TV Globo negou qualquer tensão ou bate-boca e afirmou que a decisão “é resultado da evolução tecnológica e dos processos de trabalho”. Além disso, acredita que a demissão dos operadores vai dar mais agilidade à cobertura jornalística.

Últimas notícias