*
 

Em 2017, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro alcança a marca histórica de 50 edições. O mais antigo e politizado evento cinematográfico do país preparou uma programação imensa espalhada ao longo de dez dias, de 15 a 24 de setembro, no Cine Brasília.

Além da mostra competitiva, em que doze curtas e nove longas competem pelo troféu Candango, o 50º FBCB tem ainda seis segmentos paralelos de diferentes perfis, incluindo a já tradicional Mostra Brasília, voltada para produções locais.

Veja abaixo um guia completo das principais sessões do 50º Festival de Brasília:

MOSTRA COMPETITIVA
Desta vez, a première do FBCB volta ser descentralizada e terá sessões com entrada franca em outras quatro cidades: Gama, Riacho Fundo I, Sobradinho e Taguatinga (16/9, às 19h e 21h; de 17 a 23/9, às 20h). No Cine Brasília, a disputa pelo Candango abrirá com sessão dupla dia 16/9, às 19h e 21h30. Em 17 e 23, às 21h30. Nos demais dias, às 21h. Ingressos: R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Classificação indicativa varia de acordo com os filmes.

 

MOSTRAS PARALELAS

50 Anos em 5
Com curadoria da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema), a mostra resgata dezoito (nove curtas, nove longas) dos melhores filmes exibidos na longa história do Festival de Brasília. A seleção dá ênfase a clássicos, mas também pinça trabalhos contemporâneos, como o curta “Quintal” (2016), de André Novais Oliveira, e “Filme de Amor” (2003), de Júlio Bressane. Entrada franca.

 

50 Anos em 5 – Registro de uma História
Em paralelo à mostra “50 Anos em 5”, “Registro” revela cinco longas que dialogam com o cinema brasileiro de pontos de vista histórico e estético. Entrada franca.

 

Esses Corpos Indóceis
Dedicada a várias formas de diversidade, a mostra mergulha no universo de LGBTs e trans e também reflete sobre racismo e questões contemporâneas. Entrada franca.

 

Terra em Transe
A convulsão política e social que o Brasil vive desde 2013, com as manifestações do Movimento Passe Livre, é retratada em cinco filmes que propõem um diálogo do cinema contemporâneo nacional com o que acontece nas ruas, move a política e angustia a sociedade brasileira. Entrada franca.

 

SESSÕES ESPECIAIS

 

MOSTRA BRASÍLIA – Troféu Câmara Legislativa
Criada em 1996, o segmento reúne o melhor da produção candanga em sessões sempre movimentadas. Desta vez, a mostra ganha cara de première: segunda a sexta (18 a 22/9), às 18h30, no Cine Brasília. Entrada franca.

FILME DE ENCERRAMENTO
Entrega do prêmio Candango, do Troféu Câmara Legislativa e demais troféus e cachês. Domingo (24/9), às 18h30, no Cine Brasília. Entrada somente para convidados.

Divulgação

Domingo (24/9), às 18h30.“Abaixo a Gravidade” (BA, 109min), de Edgard Navarro. Não recomendado para menores de 16 anos.

 

 

COMENTE

festival de brasíliacine brasíliafestival de brasília 201750º festival de brasília

Leia mais: Cinema