*
 

Depois dos comentários transfóbicos de Rubens Ewald Filho durante a cerimônia do Oscar, a TNT, emissora que realizou a transmissão, enviou à revista Veja uma nota de repúdio às palavras do crítico de cinema. No comunicado, a rede afirma que é contrária a quaisquer manifestações preconceituosas e que discutiu o ocorrido com o funcionário. A permanência dele nos conteúdos da marca, informam, ainda será debatida internamente.

No último domingo (4/3), a atriz transexual Daniela Vega subiu ao palco junto à equipe do longa Uma Mulher Fantástica para receber o Oscar de melhor filme estrangeiro. Neste momento, o crítico disse, ao vivo, que “essa moça, na verdade, é um rapaz”. O comentário problemático causou comoção nas redes sociais.

“A direção da TNT já conversou com o comentarista Rubens Ewald Filho para evitar que episódios como os comentários feitos durante a transmissão do Oscar no último domingo se repitam, e decidirá nas, próximas semanas, o futuro de sua participação nas transmissões e conteúdos digitais da marca”, informou a emissora, na nota.

Com informações de Clara Campoli