Crítica: filme sobre o Enem acerta ao retratar sonhos de alunos pobres

Atravessa a Vida, novo documentário de João Jardim, estreia dia 14 de janeiro nos cinemas

atualizado 14/01/2021 9:12

Atravessando a Vida, documentário de João Jardim sobre o EnemDivulgação

Em meio às mudanças provocadas pela pandemia de Covid-19, mais de 5 milhões de estudantes brasileiros se preparam para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nos dias 17 e 24 de janeiro – caso não ocorra um novo adiamento. Para parte significativa deles, uma bom desempenho na prova representa não só o ingressso em uma universidade pública, mas a chance de conquistar uma vida melhor.

É nesse contexto que  João Jardim faz a estreia de Atravessa a Vida, nesta quinta-feira (14/1), nos cinemas. No filme, o cineasta mergulha no universo escolar e adolescente dos jovens de Simão Dias, cidade de 40 mil habitantes no interior sergipano, para retratar os sonhos, expectativas e adversidades enfrentadas por alunos do 3º ano do Ensino Médio.

Apesar de ter sido gravado em 2018, em um contexto anterior à teleaula, Jardim consegue retratar com sutileza vários dos desafios impostos aos estudantes de baixa renda no Brasil — certamente intensificados com a crise sanitária.

Entre eles, a ausência constante dos professores, o barulho da reforma que compete em volume com a explicação da aula e o abandono paterno com o qual precisam lidar em casa. Segundo o IBGE, pelo menos 5 milhões de brasileiros, mesmo número de estudantes inscritos no exame, não têm o nome do pai na certidão de nascimento.

O impacto dessas variantes fica evidente nos depoimentos tímidos, espontâneos e comoventes dos alunos em frente às câmeras, como o da jovem que revela ter passado por uma fase em que se automutilava;  e do adolescente que compartilha a história de vida da mãe e diz que se sentiria impotente se não pudesse fazer a vida dela valer à pena. Impossível não se emocionar!

Esta não é a primeira vez que João Jardim se debruça sobre a temática da educação. É dele também Pro Dia Nascer Feliz, de 2005, que contrapõe as realidades de uma escola no sertão nordestino e um colégio particular de luxo em São Paulo.

O olhar experiente sobre o tema e a riqueza dos personagens faz de Atravessa a Vida um filme importantíssimo para humanizar os estudantes e compreender os gargalos que o país precisa superar para garantir um debate razoável sobre desigualdade de oportunidades, sobretudo em um momento emblemático para a educação brasileira.

Produção da Copacabana Filmes e Fogo Azul Filmes, em coprodução com Globo Filmes, GloboNews e Canal Curta!, Atravessa a Vida  teve sua estreia mundial no 25º Festival É Tudo Verdade, em outubro de 2020, e chega às telonas brasileiras três dias antes da data prevista para aplicação do ENEM: 14 de janeiro.  Mais um ponto para o timing

0
Avaliação: Bom

Últimas notícias