Creed 3: Michael B. Jordan vai dirigir próximo filme da franquia

Personagem de Jordan, Adonis Johnson renovou a saga de Rocky para os tempos atuais. Novo longa só estreia em 2022

atualizado 11/03/2021 11:19

michal b jordan creedDivulgação

O ator Michael B. Jordan, astro de Pantera Negra (2018) e dos filmes da saga Creed, vai estrear como diretor no terceiro longa protagonizado pelo personagem Adonis Johnson. A confirmação veio em nota oficial, após meses de rumores sobre o futuro da saga coestrelada por Sylvester Stallone.

“Dirigir sempre foi uma aspiração, mas o timing tinha que ser preciso. Creed III é esse momento — uma época da minha vida em que tenho mais certeza de quem sou”, disse Jordan, de 34 anos.

Creed 3 só deve estrear em novembro de 2022, no feriado de Ação de Graças (Thanksgiving) nos Estados Unidos.

No comunicado, Jordan fez reverência a cineastas como Ryan Coogler (de Pantera e do primeiro Creed, lançado em 2015) e Denzel Washington (Um Limite Entre Nós), também ator-diretor.

“Essa franquia e seus temas são profundamente pessoais para mim. Não vejo a hora de compartilhar o próximo capítulo da história de Adonis Creed com a grande responsabilidade de dirigir e atuar”, completou.

Creed 3 terá roteiro de Kenan Coogler e Zach Baylin baseado em história de Ryan Coogler. Tessa Thompson e Phylicia Rashad voltam ao elenco. Ainda não há confirmação oficial do retorno de Stallone.

A saga nos ringues

Os filmes da franquia Creed funcionam como continuação da clássica saga Rocky, que teve cinco longas lançados entre 1976 e 1990 e uma nostálgica sequência tardia em 2006.

O primeiro, Rocky: Um Lutador (1976), foi consagrado no Oscar com três prêmios, incluindo o de melhor filme. Stallone bateu na trave três vezes. Indicado pela atuação e roteiro do longa inaugural e como ator coadjuvante de Creed (2015), nunca venceu a estatueta.

Em Creed (2015) e Creed II (2018), Jordan vive Adonis, filho de Apollo Creed, um dos grandes rivais de Rocky Balboa. Agora, o aposentado boxeador serve de mentor do jovem atleta.

Últimas notícias