Filme romeno com elenco de máscaras leva Urso de Ouro em Berlim

Sátira do diretor Radu Jude conta história de professora em apuros por causa de gravação amadora de sexo

atualizado 07/03/2021 8:54

DW/Divulgação

A sátira experimental Bad Luck Banging or Loony Porn, do diretor romeno Radu Jude, recebeu o Urso de Ouro do Festival de Berlim, anunciou o júri nesta sexta-feira (05/03).

O filme foi filmado durante a pandemia de Covid-19 e todos os atores usam máscaras. Ele conta a história de uma professora que fica numa situação difícil por causa do vazamento de uma gravação pornô amadora na qual ela aparece. O filme aborda o papel das redes sociais, a cultura do cancelamento e a pressão social sobre as mulheres.

Por causa da pandemia, a Berlinale transcorreu de forma online. A entrega dos prêmios será em junho.

Pela primeira vez não houve separação entre atores e atrizes na premiação. O Urso de Prata de melhor interpretação como protagonista foi para a atriz alemã Maren Eggert por sua atuação na tragicomédia Ich bin dein Mensch (Eu sou o teu humano).

Ela interpreta uma cientista que, num futuro próximo, trabalha no Museu Pergamon, em Berlim, e é incumbida de testar um robô humanoide programado com inteligência artificial para se tornar o companheiro perfeito para ela.

O Urso de Prata de melhor interpretação como coadjuvante também foi para uma mulher: Lilla Kizlinger, por Forest – I See You Everywhere, de Bence Fliegauf.

Este ano, 15 filmes estavam na competição. Estes foram os premiados:

Curta Metragens

Urso de Ouro de melhor filme: Bad Luck Banging or Loony Porn, de Radu Jude
Urso de Prata – Grande Prêmio do Júri: Wheel of Fortune and Fantasy, de Ryusuke Hamaguchi
Urso de Prata – Prêmio do Júri: Herr Bachmann und seine Klasse, de Maria Speth
Urso de Prata de melhor direção: Dénes Nagy por Natural Light
Urso de Prata de melhor interpretação como protagonista: Maren Eggert em Ich bin dein Mensch, de Maria Schrader
Urso de Prata de melhor interpretação como coadjuvante: Lilla Kizlinger em Forest – I See You Everywhere, de Bence Fliegauf
Urso de Prata de melhor roteiro: Hong Sangsoo por Introduction, de Hong Sangsoo
Urso de Prata por uma performance artística excepcional: Yibrán Asuad pela montagem de Una película de policías, de Alonso Ruizpalacios

Seção Encounters

Melhor filme: Nous, de Alice Diop
Prêmio especial do Júri: Taste, de Lê Bao
Melhor direção: Das Mädchen und die Spinne, de Ramon Zürcher e Silvan Zürcher
Melhor direção: Hygiène sociale, de Denis Côté
Menção honrosa: Rock Bottom Riser, de Fern Silva

Curta Metragens

Urso de Ouro de melhor curta: My Uncle Tudor, de Olga Lucovnicova
Urso de Prata – prêmio do júri: Day Is Done, de Zhang Dalei

Últimas notícias