Buscando novas maneiras de custear a realização do Anima Mundi, após perder o patrocínio da Petrobras, um dos principais festivais de animação do mundo vai lançar, a partir desta segunda (13/05/2019), uma campanha de financiamento coletivo por meio do Benfeitoria.

Com mais de 500 filmes exibidos todos os anos para um público de 50 mil pessoas, o festival precisa viabilizar a 27ª edição, prevista para acontecer entre os dias 17 e 21 de julho no Rio de Janeiro e entre 24 e 28 de julho em São Paulo. As doações para o Anima Mundi podem ser feitas de 13 a 27 de junho.

A campanha de financiamento on-line terá três metas: R$ 400 mil para a realização da mostra de filmes no Rio de Janeiro e em São Paulo; R$ 600 mil para a realização do Papo Animado no Rio de Janeiro e em São Paulo; e R$ 800 mil para a realização do Anima Fórum em São Paulo.

Anima Mundi
O festival foi criado em 1993 por Aída Queiroz, Cesar Coelho, Lea Zagury e Marcos Magalhães, responsáveis pela curadoria. Desde a formação, exibiu mais de 10 mil filmes de animação do mundo inteiro a preços populares, entre longas e curtas-metragens, além de promover oficinas abertas e gratuitas, debates, exposições, entre outras atividades.

Reprodução/Anima Mundi