André Carvalheira sobre filme New Life S.A: “Retrata as mazelas do Brasil”

Longa chega em dezembro aos cinemas do país, mas a pré acontece nesta quinta-feira (26/11), a partir das 21h, no Cine Drive-in

atualizado 24/11/2020 19:11

André Carvalheira em nos bastidores das gravações de New Life S.ADivulgação

O longa-metragem brasiliense New Life S.A  já tem data marcada para chegar aos cinemas de todo o país. Após ser adiada por conta da Covid-19, a estreia acontece no próximo dia 3 de dezembro. Os moradores da capital federal, contudo, poderão assistir a produção já nesta quinta-feira (26/11), numa pré-estreia realizada às 21h, no Cine Drive-in. “É uma grande vitória. Cada filme brasileiro lançado em circuito comercial diante do mercado audiovisual que temos é uma vitória”, comemora o diretor André Carvalheira.

O cineasta não se deixa intimidar pela pandemia que o mundo atravessa. “Apesar disso tudo, a vida dos filmes continua. A arte é nossa salvação. Acredito no cinema brasileiro e na sua força. Não vamos desistir, mesmo com pandemia e com uma política anticultura desse governo nefasto. Eles passarão, nós passarinho”, afirma.

Cena do filme New Life S.A
New Life S.A conquistou diversos prêmios em festivais de cinema no Brasil e no exterior

O filme usa o surrealismo para retratar como a especulação imobiliária potencializa as desigualdades sociais. A história mostra a construção de um novo condomínio residencial em Brasília, que promete resgatar os ideais de uma nova sociedade e que servirá de base à uma refundação da capital. Porém, a utopia se choca com a realidade diante de um sistema corrompido, com o objetivo central de lucrar acima de qualquer custo. Leia a crítica do Metrópoles.

Para André Carvalheira, a obra retrata problemas que se perpetuam no Brasil há séculos: a dominação de uma elite sobre uma grande população desfavorecida e injustiças sociais sem limites. “A especulação imobiliária avança sobre o país há muito tempo. Normalmente expulsando os mais pobres para criar bairros para os ricos e a classe-média. Desrespeitando o meio-ambiente em nome do capital. O momento do Brasil está sempre propício para essas discussões, ainda mais sob um governo que reafirma todas essas mazelas de forma irresponsável”, ressalta o cineasta.

0
 Trajetória premiada

Quando foi exibido pela primeira vez, em 2018, durante o 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, New Life S.A conquistou o júri da Mostra Brasília e levou os títulos de Melhor Filme e Melhor Ator, pela atuação de Murilo Grossi. Desde então, a produção seguiu a mesma trilha bem-sucedida por outros 13 festivais no Brasil e no exterior, que resultou em diversos outros prêmios para o currículo do longa.

Segundo o diretor, a boa recepção nos festivais é como uma carta de indicação para o filme, o que ajuda a atrair a atenção do público. “Na luta por um lugar ao sol, a boa trajetória é fundamental. E, evidentemente, faz com que o filme chegue mais fortalecido às salas de cinema e posteriormente ao streaming”, acredita André Carvalheira, que se diz muito feliz com a caminhada. “Apesar de ter sido feito com poucos recursos (apoiado inteiramente pelo FAC), teve uma produção inteligente que conseguiu executar o filme e fazê-lo caminhar até aqui”.

Veja o trailer:

Últimas notícias