*
 

A eliminação da Jaqueline do Big Brother Brasil 2018, na última terça-feira (6/1), ainda está dando o que falar. A polêmica da vez é a forma como Tiago Leifert conduziu o paredão. Para Fernando Grohalski, irmão da sister, o apresentador humilhou a participante em rede nacional. “Na hora, eu e minha mãe choramos, ficamos muito tristes, porque é uma coisa que a gente não esperava, por ela estar sendo a protagonista desta edição”, disse em entrevista ao Uol.

De acordo com Fernando, a edição do programa prejudicou a biomédica e influenciou na decisão popular pela saída da rondoniense do programa.  “A edição não passou o vídeo inteiro, falando que ela estava apenas brincando com ele, que ela não prometeu nada. Se ele levou a sério, problema é dele, ele pode ser burro ou surdo, porque ela falou que estava zoando, que queria só ver o fuzuê. Ela não falou assim: eu prometo que vou dar o anjo para você”, acredita.

Grohalski conta que Jaqueline não gostou nada da maneira como foi tratada por Leifert, principalmente depois de rever o momento que se tornou o estopim para a briga com Mahmoud. “Ela ficou chateada depois que mostraram para ela o vídeo inteiro, que a edição cortou. O Tiago humilhou ela em rede nacional. Ela ficou muito triste por causa disso”, finaliza.

Confira o momento da eliminação