Atriz é investigada por suposto envolvimento em esquema de pornografia

Marido de Shilpa Shetty, Raj Kundra foi preso em 19 de julho por envolvimento em uma rede de produção de pornografia

atualizado 26/07/2021 12:10

A polícia apreendeu 48 terabytes de conteúdo “majoritariamente adulto” na casa da estrela de Bollywood Shilpa Shetty enquanto investigava o envolvimento do marido da atriz, Raj Kundra, com uma rede de pornografia ilegal.

Kundra foi preso em 19 de julho após a polícia alegar que tinha “provas o suficiente” de que ele era peça-chave em uma rede de produção de pornografia. O marido da estrela ainda é acusado de enganar e coagir mulheres para atuar em filmes adultos. Ele negou as acusações.

Segundo o jornal The Times, a polícia detalha que, uma vez que a vítima concordava com o trabalho, os produtores mudavam o roteiro e as forçavam a atuar em cenas de sexo. Caso elas se recusassem, teriam que pagar por toda a filmagem, que geralmente acontecia em um local alugado nos arredores da cidade.

O crime começou a ser investigado em fevereiro, depois que uma mulher denunciou ter sido forçada a fazer um filme pornográfico sob falsas pretensões, de acordo com a Press Trust of India. Nove pessoas, dentre elas um ator, produtor e um executivo, foram presas até o momento.

Agora, as autoridades investigam se Shetty se beneficiou da suposta ligação de seu marido com o negócio, já que ela atuava como diretora na empresa de Kundra, Viaan. Ela deixou o cargo assim que as denúncias surgiram.

Últimas notícias