*
 

Dos alto-falantes acoplados nos trio-elétricos na Avenida Paulista, saem os hits de Anitta e vários protestos políticos. É nesse clima que, desde às 11h30, ocorre a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo – maior evento de diversidade sexual do Brasil.

Com o tema Poder para LGBTI+ Nosso Voto, Nossa Voz, a 22ª edição reuniu festa e manifestação. A vereadora Marielle Franco (PSol-RJ), assassinada no Rio de Janeiro, foi lembrada pela esposa, Mônica Tereza Benício.

 

“É importante saber em que a gente vota. Vir pra rua fazer festa e fazer revolução”, contou. No palco e no trio, também havia várias faixas com as inscrições “Fora, Temer”.

Nos 18 trios que ocupam a Paulista, vários artistas se apresentaram. Entre os shows mais aguardados, estava o da popstar Anitta. Vestida com um maio representando as cores da bandeira LGBT, a cantora interpretou seus principais hits.

Outros artistas também fizeram shows, como Pabllo Vittar, Lia Clark, April Carrión (do RuPaul’s Drag Race), Mulher Pepita e Preta Gil.