Vídeos: chuva causa alagamentos e transtornos em vários pontos do DF

Defesa Civil expediu alerta de perigo. Águas Claras, Sudoeste, área central, Arniqueiras, Sobradinho II e Gama enfrentam problemas

Divulgação/CBMDFDivulgação/CBMDF

atualizado 12/04/2019 22:35

A chuva desta sexta-feira (12/4) causou grandes transtornos para os brasilienses na volta para casa. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), a Estrada Parque Vicente Pires (EPVP), ou DF-079, ficou alagada.

O Corpo de Bombeiros registrou inundações também em Sobradinho II e acidentes de trânsito causados pelo temporal no Gama e Samambaia. Em Águas Claras e Arniqueiras (foto de destaque), pessoas e veículos ficaram ilhadas.

O Metrópoles também recebeu vídeo do Parque da Cidade, mostrando a tempestade. Na área do estádio Mané Garrincha, sentido Noroeste, as vias foram tomadas pela água, que subiu à altura da das portas dos veículos.

No Setor Sudoeste, na Quadra 303, houve alagamento de uma garagem. Ninguém ficou ferido, segundo o Corpo de Bombeiros.

A Defesa Civil emitiu alerta, por volta das 17h, de chuvas intensas com rajadas de ventos. A orientação é para que as pessoas “evitem áreas de alagamentos, procure abrigo e, em caso de riscos, ligue para os telefones 199 e 193”.

Arniqueiras:

 

Águas Claras:

 

Parque da Cidade:

 

Deslizamento
Nessa quarta (10), a chuva forte que atingiu o Distrito Federal alagou ruas, tesourinhas, condomínios, o Hospital Regional de Sobradinho (HRS) e provocou o deslizamento de terra no Morro do Sansão, em Sobradinho II.

Segundo uma moradora da região, após as chuvas intensas da noite de quarta, uma forte enxurrada tomou conta do local. Em seguida, a terra veio abaixo, encobrindo um córrego. Não houve vítimas. Mas a Defesa Civil alertou os moradores a respeito dos riscos e dos procedimentos a serem adotados caso os temporais continuem.

De acordo com o último levantamento da Defesa Civil, existem, pelo menos, 41 áreas de risco em 19 regiões administrativas do DF, em um total de 5.367 residências vulneráveis. Devido à chuva de quarta, o Corpo de Bombeiros foi acionado para diversas ocorrências.

Uma das regiões mais afetadas na quarta foi a de Sobradinho. A pediatria e a recepção do HRS ficaram parcialmente interditadas devido ao grande acúmulo de água. Segundo informações do CBMDF, a chuva que caiu no telhado da unidade de saúde acabou escoando para dentro do prédio.

Pacientes relataram diversos transtornos, mas ninguém ficou ferido. A Defesa Civil também foi acionada para avaliar a estrutura.

Nos condomínios Jardim Europa 1 e 2, Grande Colorado, e no Setor de Mansões da região administrativa, as ruas também foram tomadas pela água e houve registro de inundação.

Veja imagens registradas no HRS e nas ruas de Sobradinho:

Últimas notícias