Vídeos: hospitais do DF têm pacientes no corredor e máscaras rasgadas

Servidores denunciaram situação caótica nos hospitais regionais de Planaltina e da Asa Norte

atualizado 04/03/2021 20:40

Material cedido ao Metrópoles

O novo avanço da Covid-19 tem causado um verdadeiro caos na saúde pública do Distrito Federal. Nesta quinta-feira (4/3), servidores dos hospitais regionais de Planaltina (HRPL) e da Asa Norte (Hran) denunciaram a lotação desses locais. Ao longo do dia, a fila para unidades de terapia intensiva (UTI) chegou a 141 pessoas, 41 delas contaminadas pela doença.

Conforme relatado por uma funcionária do HRP, o isolamento para pacientes contaminados pelo coronavírus é separado em duas partes: um box respiratório e a enfermaria. Nos dois casos, há mais pacientes do que a unidade comporta.

No caso dos boxes, a área destinada a quatro pacientes já tem sete, sendo cinco deles intubados. Já a enfermaria está com o dobro da capacidade: deveriam ser atendidos apenas seis pessoas, mas 13 estão no local.

Em uma gravação enviada ao Metrópoles, é possível ver os pacientes dentro de consultórios e até mesmo no corredor do hospital.

Confira

A preocupação do servidor que denuncia a situação é também relacionada ao oxigênio. “Eles estão no corredor acoplados a cilindros de oxigênio. São cilindros que seguram, em média, 18 horas. Não tem ponto fixo”, explica.

0

Já no Hran, o que preocupa é o pronto-socorro. Segundo trabalhadores do local, os atendimentos aumentaram muito nos últimos dias e pacientes de risco laranja estão sendo deixados nas cadeiras. Caso haja uma piora no quadro clínico, diz a denunciante, “não tem ponto de oxigênio nem leito”.

Outra reclamação é sobre os EPIs. Há poucos capotes sobrando e as máscaras N95 estão rasgando na costura.

0
O que diz a Saúde

Procurada, a Secretaria de Saúde informou que vem trabalhando “no limite da sua capacidade logística para que nenhum paciente fique desassistido neste momento da pandemia”. Segundo a pasta, “os pacientes que são direcionados aos hospitais da rede e necessitam de internação são incluídos no sistema de regulação baseado na prioridade que o seu estado clínico demanda”.

Em relação ao Hospital Regional de Planaltina (HRPL), a Saúde diz que “uma nova ala destinada aos pacientes COVID foi aberta na tarde desta quinta-feira (4/3). Os pacientes estão sendo atendidos dentro das capacidades do Hospital”.

Sobre a situação do HRAN, a pasta destaca que “os pontos de O2 são limitados, porém nem o tratamento nem a oxigenoterapia deixaram de ser ofertados aos pacientes”.

Últimas notícias