Vídeo: mãe emociona-se ao saber que filha passou em 1º lugar na UnB

Maria Lívia das Neves de Oliveira, 17 anos, passou em engenharia ambiental. Jovem já havia sido aprovada na Universidade de Minas Gerais

atualizado 31/03/2022 14:19

A estudante aprovada em Engenharia Ambiental na UnB, Maria Lívia, ao lado de sua mãe. Elas sorriem - MetrópolesImagens cedidas ao Metrópoles

A professora da educação infantil Maria Aparecida Ramos das Neves, 59 anos, emocionou-se quando soube que a filha, de 17 anos, tinha passado em primeiro lugar no curso de engenharia ambiental na Universidade de Brasília (UnB). Maria Lívia das Neves de Oliveira gravou a reação da mãe, e o vídeo viralizou nas redes sociais.

“É verdade? Você jura? Passou em primeiro lugar? Nós conseguimos mesmo?”, perguntou a mãe, emocionada. As duas passaram os últimos dias muito ansiosas para o resultado. Agora, contam que estão aliviadas e realizadas.

UnB divulga resultado da 3ª etapa do PAS. Veja a lista de aprovados

Assista ao vídeo: 

 

Essa não foi a primeira aprovação de Maria Lívia. A estudante contou ao Metrópoles que, em 2021, fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e passou em engenharia ambiental na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mas não fez matrícula. Maria decidiu que esperaria o resultado do Programa de Avaliação Seriada (PAS).

“Eu tinha colocado na minha cabeça que queria entrar na UnB. É um sonho meu e da minha família; então, nós ficamos muito emocionados, porque, por mais que eu tenha passado em outra federal, a UnB tem todo esse significado para a gente”, ressaltou.

A moradora do Guará estudou no Centro de Ensino Fundamental Polivalente, na Asa Sul. Aos 11 anos Maria Lívia participou da Olímpiada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e ganhou medalha de prata. Nos dois anos seguintes, a estudante também ficou em segundo lugar na competição. Mesmo pequena, Maria já sonhava em ser engenheira.

0

No ensino médio, Maria ganhou bolsa integral para estudar no Sigma, na Asa Sul. “Ela sempre correu atrás das coisas dela. Passou por batalhas muito longas de estudo e é meu orgulho. Sinto como se minha missão aqui tivesse sido cumprida, porque sei que meus filhos estão com carreira encaminhada”, contou Maria Aparecida. A professora tem um filho mais velho que cursa o último semestre de ciência política na Universidade de Brasília (UnB).

Sonho realizado

Maria Lívia estava ansiosa com a divulgação da lista dos aprovados na universidade. Nessa quarta-feira (30/3), a jovem dormiu até mais tarde e, quando acordou, o resultado tinha saído. Em modo automático, Maria ligou o computador, entrou no site e pesquisou pelo nome. Ela conta que a primeira coisa que viu era que estava em primeiro lugar.

“Quando acordei, minha amiga tinha me mandando mensagem e me ligado umas quatro vezes para me acordar. Quando abri o site e vi a minha colocação, foi uma emoção muito grande. Minha mãe estava chegando, e eu combinei com meu irmão de gravarmos quando eu contasse a notícia”, explicou.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias