Faxineira de 62 anos passa em vestibular da UnB

Faxineira de 62 anos aprovada na UnB comemora: “Não vou parar”

Maria da Conceição conferiu o resultado das vagas remanescentes do vestibular nessa segunda-feira (22). A mulher vai cursar artes cênicas

atualizado 25/11/2021 8:59

Faxineira de 62 anos passa em vestibular da UnBArquivo pessoal

Maria da Conceição Lucas de Macedo, 62 anos, é a mais nova caloura do curso de artes cênicas da Universidade de Brasília (UnB). Depois de prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) duas vezes e tentar uma vaga no vestibular tradicional, a faxineira conseguiu alcançar o maior sonho: ser estudante na universidade pública.

A mulher contou ao Metrópoles que não conferiu a lista dos selecionados nas vagas remanescentes do vestibular 2021, divulgada na segunda-feira (22/11), mas recebeu a ligação de uma amiga para avisar da aprovação. Quando soube da notícia, Conceição estava em seu expediente na casa de uma família, no Gama. Ela conta que ficou sem reação e teve de sentar para respirar.

“A vida será sempre um mundo de sonhos, basta acreditar. Nunca deixe a esperança morrer dentro de você. Tenho 62 anos e, em 2022, ingressarei pelos portões da academia. Sou universitária agora. Sonhar traz renovação na alma humana”, emociona-se.

0

A carioca mudou-se sozinha para Brasília, há 21 anos, deixando os filhos crescidos e criados no Rio de Janeiro. Na capital federal, a vida nem sempre foi fácil. Para alimentar os sonhos, trabalhou como cuidadora de idosos, faxineira, babá e caixa de supermercado, até que decidiu estudar para entrar na universidade.

“A vontade de fazer artes cênicas surgiu depois de participar de um curso para cuidadora de idosos. Lá, eu vi pessoas de idade com a cara amarrada, emburrada e sem querer fazer nada. Aí, eu pensei: isso é envelhecer? Não quero isso para mim. não. Eu quero é viver. Depois desse dia, comecei a estudar para o vestibular e escolhi artes cênicas por já ter feito teatro na vida. Sempre me identifiquei.”

Com a ligação da colega, Conceição procurou a ajuda de uma professora para conferir o nome entre os aprovados no curso. Com tanta felicidade, a carioca telefonou para as filhas para compartilhar a novidade.

Busca pelo sonho

Conceição terminou o ensino fundamental pelo ensino regular. Para concluir o ensino médio, a mulher se inscreveu, com 47 anos, na Educação de Jovens e Adultos (EJA), educação orientada para adultos que completaram ou abandonaram a educação formal.

Quando estava no EJA, Conceição começou um curso técnico em administração no Instituto Federal de Brasília (IFB), mas não pôde concluir por ter de conciliar com o trabalho. Depois disso, foram 16 anos sem pegar nos livros, até que a faxineira decidiu voltar a estudar.

“Muitos anos longe da escola me deixaram dura para os estudos, mas eu não desisti. Agora, vou seguir em frente e não vou parar. Vou terminar a faculdade. Se cheguei até aqui, eu posso chegar muito além”, comemora.

Mesmo com a aprovação, Conceição diz que ainda voltará para fazer a segunda parte do Enem, neste domingo (28/11). Agora, a faxineira se prepara para as provas de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática.

Mais lidas
Últimas notícias