Travesti é esfaqueada dentro de carro após discussão com cliente no DF

A Polícia Civil do DF prendeu o homem, de 68 anos, que assumiu ter ferido a garota de programa após uma briga

atualizado 17/09/2020 18:30

travestisMichael Melo/Metrópoles

Policiais civis da 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) prenderam, em flagrante, um homem acusado de esfaquear uma travesti, na madrugada desta quinta-feira (17/9), na região das quadras CSG, em Taguatinga. O local, que é utilizado como ponto de prostituição, é ocupado por garotas de programa e travestis. A vítima levou uma facada na altura do peito e foi socorrida logo após o crime.

De acordo com apurações da PCDF, uma equipe da delegacia passava pela localidade quando foi abordada por um grupo de travestis nas proximidades de um motel. As testemunhas gritaram que uma delas havia sido esfaqueada por um cliente. O homem havia fugido em um Ford Ka.

Os policiais conseguiram alcançar o suspeito, que ainda estava com as mãos sujas de sangue. Durante a revista, a equipe localizou o canivete usado para golpear a travesti.

No local, o homem, que tem 68 anos, confessou que havia esfaqueado a vítima após uma discussão. Em seguida, ele foi levado para a delegacia onde acabou autuado por tentativa de homicídio.  As travestis que testemunharam o crime também foram levadas para a unidade policial onde prestaram depoimento.

0

Últimas notícias