Falha em freios causa pânico em voo entre Brasília e Guarulhos

Aeronave precisou mudar rota e só pousou em Campinas após sobrevoar por 40 minutos o mar de Santos

atualizado 31/01/2020 20:39

Imagem cedida ao Metrópoles

A falha nos freios de um voo da Latam, entre Brasília e Guarulhos (SP), deixou passageiros apreensivos, na tarde dessa quinta-feira (30/01/2020). O piloto, por questões de segurança, preferiu mudar o destino e pousar no Aeroporto de Campinas (SP).

O voo LA3001 deixou Brasília às 12h25 e tinha chegada prevista para as 13h59. Entretanto, ao chegar a Guarulhos, ventava e chovia muito. Além das dificuldades meteorológicas, o avião apresentou defeito no equipamento chamado reverso – ele usa gases e fleps do motor para frear o aparelho aéreo. Sem segurança para pousar em Guarulhos, onde a pista é teoricamente mais curta e perto de residências, o piloto preferiu arremeter e seguir para Campinas (SP).

De acordo com o advogado Marcelo Lucas, o problema nos freios causou pânico dentro da aeronave. “O piloto tentou fazer dois pousos e teve de arremeter: o primeiro, em Guarulhos; depois, em Congonhas. Em seguida sobrevoou por 40 minutos o mar de Santos e, por fim, conseguimos pousar em Campinas”, conta.

Marcelo Lucas disse que, quando o avião tocou o chão, os passageiros aplaudiram a manobra, mas perceberam que o aparelho não parava e a aeronave precisou usar o freio-pneu para terminar de parar.

Marcelo diz ainda que ao sobrevoarem o mar no litoral de Santos, os passageiros começaram a pensar que a aeronave poderia tentar descer na água.

Canhedo

O voo contava com a presença do empresário brasiliense e ex-proprietário da Viação Aérea São Paulo (Vasp), Wagner Canhedo. A informação da presença foi confirmada pelo filho, o também empresário Wagner Canhedo Filho.

“Chegaram em São Paulo e o avião não estaria com o reverso funcionando. O piloto resolveu não aterrissar. Em Guarulhos, já preparado para descer, estava ventando muito e chovendo. Então, decidiu ir para Campinas. O piloto foi muito sensato e pode acontecer com qualquer voo”, elogiou Canhedo Filho. “O importante é que meu pai chegou em segurança.”

Resposta

A Latam informou que a aeronave passou pelos devidos reparos para a correção do problema e já está em atividade normal. A empresa também diz  que a questão determinante para a mudança de trajeto foi o tempo ruim em Guarulhos.

Ainda de acordo com a assessoria, os passageiros do voo foram levados por via terrestre para o local onde deveriam ter pousado. “A segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.”

Últimas notícias