DF precisa investir R$ 28 bilhões em melhorias no transporte, diz CNT

Confira quais as ações que constam no Plano de Transporte e Logística da Confederação para o DF e o custo de cada uma

atualizado 27/08/2018 17:33

Felipe Menezes/Metrópoles

Para ter um sistema de transporte eficiente, moderno e livre de problemas, o Distrito Federal precisaria investir R$ 28 bilhões em melhorias e construções de ferrovias, rodovias e terminais. É o que mostra  pesquisa da Confederação Nacional de Transporte (CNT) divulgada nesta segunda-feira (27/8). No país, seria necessário R$ 1,7 trilhão, de acordo com o levantamento.

Entre recuperações, ampliações e construções de rodovias, o valor previsto é R$ 2 bilhões. A falta de sinalização é um dos principais problemas apontados pela pesquisa no que diz respeito às vias que interligam todo território.

Para melhorias na rede ferroviária, o DF precisaria gastar mais de R$ 26 bilhões. O investimento traria uma ampliação de 300km nesse sistema.

O Plano de Transporte e Logística da CNT destaca as principais mazelas do transporte no país. De acordo com a coordenadora de Desenvolvimento do Transporte da Confederação, Fernanda Pinheiro, a pesquisa pode ajudar a solucionar o atual quadro deficitário no setor. 

“Tanto o sistema ferroviário quanto o hidroviário seriam os ideais. Um baixo custo no transporte do produto gera uma maior competitividade no mercado internacional e diminui o preço final do produto que chega aos mercados”, explicou.

Confira o levantamento feito pela Confederação Nacional de Trânsito:

CNT/DIVULGAÇÃO

Últimas notícias