Detran faz operação contra barulho de moto em Águas Claras

Moradores reclamam do ruído causado por escapamentos irregulares na cidade. Órgão de trânsito fará ações em outras regiões administrativas

Detran-DF/ReproduçãoDetran-DF/Reprodução

atualizado 09/01/2020 18:17

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) deu início à Operação Sossego, que visa tirar de circulação as motocicletas com escapamento irregular, que produzem ruído excessivo. A primeira ação ocorreu na noite de quarta-feira (08/01), em Águas Claras.

Durante a fiscalização, 110 motociclistas foram abordados. Desse total, 15 acabaram autuados por conduzir veículo com o escapamento irregular; seis por não possuírem habilitação; e cinco com a CNH vencida. Os agentes registraram, ainda, 25 infrações por motivos diversos. Seis motos seguiram recolhidas ao depósito.

A ação contou com a participação de 28 agentes de trânsito, distribuídos em 10 viaturas, quatro motocicletas, dois guinchos e uma aeronave.

De acordo com o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, Francisco Saraiva, a operação tem o objetivo de reduzir a poluição sonora nas vias do Distrito Federal, além de promover mais segurança ao trânsito.

“A operação foi planejada para garantir que as motos circulem de forma segura, com os equipamentos adequados, observando a legislação de trânsito e sem trazer excesso de barulho aos moradores”, afirma Saraiva.

Operação Sossego

Durante a Operação Sossego, os agentes de trânsito realizaram blitzes em pontos estratégicos da cidade de Águas Claras. Também atuaram com equipes circulando a pé, em viaturas e em motocicletas.

Além disso, houve o apoio do monitoramento aéreo realizado pelo helicóptero Sentinela. A previsão é que a Operação Sossego seja realizada semanalmente em uma região administrativa diferente.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir veículo com descarga livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante é infração grave e acarreta multa de R$ 195,23, cinco pontos na CNH e retenção do veículo para regularização.

Em 2019 foram registradas 1.259 infrações por escapamento irregular no DF. (Com informações do Detran)

Últimas notícias