Traficantes da facção Comboio do Cão são presos com droga e fortemente armados

Foram apreendidos placas para clonagem de veículos, um carro, celulares, dinheiro, coletes à prova de balas e munição

atualizado 09/12/2020 23:43

objetos apreendidosFrame do vídeo/Reprodução

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) prendeu duas pessoas na noite desta quarta-feira (9/12) que afirmam pertencer à facção Comboio do Cão. Eles tinham drogas, placas falsas para clonar carros, coletes à prova de balas, uma arma italiana, munição e um veículo, possivelmente usado nos crimes.

Segundo a polícia, os indivíduos eram responsáveis por abastecer o tráfico de drogas no Riacho Fundo e parte de Ceilândia. Os soldados chamaram atenção para a placa clonada de Joinville (SC) e para arma apreendida, uma Beretta de 9mm, usada para tiros de longa distância.

“A arma é muito perigosa, como se fosse uma carabina, perigosa. Tem também muita munição e coletes”, narra um dos policiais. Foram apreendidos ainda celulares e dinheiro que provavelmente eram pagamentos pelas drogas vendidas.

0

Últimas notícias