Testes em novo sistema de alerta da Barragem do Paranoá começam segunda

O equipamento é utilizado em caso de aviso sobre fechamento e abertura de comportas, testes simulados e situações de risco à população

atualizado 19/07/2020 17:45

Novo sistema sonoro de alerta da Barragem do ParanoáDivulgação/CEB

O novo sistema sonoro de alerta da Barragem do Paranoá passará por testes a partir dessa segunda-feira (20/7). O equipamento serve para avisar sobre fechamento e abertura de comportas, testes simulados, situações de risco à população, falso alerta, abandono e desmobilização.

Os sons são audíveis em toda a Zona de Autossalvamento (ZAS), em um raio de 10 quilômetros da hidrelétrica, de acordo com a CEB Geração.

Até sexta-feira (24/7), serão realizados testes pontuais em cada sirene. A empresa que irá instalar o novo aparelho fará um teste geral na quarta-feira (22/7) para que o sistema comece efetivamente a funcionar.

0

 

A CEB Geração anunciou que está trabalhando nos ajustes finais da instalação do equipamento no âmbito do plano de segurança da Hidrelétrica do Paranoá.

O novo sistema é composto por cornetas com comunicação via rádio, wi-fi e tecnologias que identificam intrusão, aterramento e para-raio. O instrumento é alimentado por energia solar. Há, ainda, uma estrutura cercada para evitar roubo e vandalismo.

“Uma população orientada, consciente e participativa quanto às mensagens e procedimentos em situações de simulados ou riscos potencializa a efetividade do sistema, por isso é importante que a comunidade fique atenta sempre que um alerta for emitido”, disse o diretor-geral da CEB, Eduardo Roriz.

O presidente da Companhia Energética de Brasília (CEB), Edison Garcia, afirmou que o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), recomendou no início do mandato a revisão de todo o sistema de segurança da barragem. O gestor pontuou que a tecnologia empregada no equipamento aprimora a segurança de toda a população que vive nas imediações do Lago Paranoá.

Com informações da Agência Brasília

Últimas notícias