Taxa de transmissão de Covid no DF chega a 1,12; a maior desde março

Taxa significa que, a cada 100 infectados, outras 120 pessoas são contaminadas pelo novo coronavírus

atualizado 02/10/2021 22:27

testagem teste de CoViD 19 voltada a assintomáticosHugo Barreto/Metrópoles

O Distrito Federal alcançou taxa de transmissão de Covid de 1,12 segundo dados divulgados na edição do Boletim Epidemiológico da Pandemia de Covid-19, da Secretaria de Saúde, neste sábado (2/10). Isso significa que cada 100 infectados contaminam outras 112 pessoas.

É o maior índice desde 18 de março. O cálculo é realizado a partir do número de casos confirmados, por data de início de sintomas de todas as ocorrências confirmadas no Distrito Federal

A taxa de transmissão representa o número médio de infecções secundárias que um indivíduo infectante (ou seja, que transmite a doença) em um determinado
tempo é capaz de gerar.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a taxa de 1 é o limite de segurança na pandemia. Ao passar disso, a instituição recomenda a adoção de medidas restritivas, pois o desenvolvimento da Covid-19 tende a avançar.

Últimas notícias