Taxa de transmissão da Covid-19 no DF tem alta pelo sexto dia seguido

Apesar da alta, o índice ainda está abaixo da marca 1, indicador de segurança sanitária estabelecido pela Organização Mundial da Saúde

atualizado 04/05/2021 23:45

Paciente e profissional de saúdeIgo Estrela / Metrópoles

Pelo sexto dia consecutivo, a taxa de transmissão (Rt) do novo coronavírus aumentou no Distrito Federal. Segundo as edições do boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria de Saúde, o índice de infecção cresceu diariamente de 0,82 para 0,92, entre quarta-feira passada (28/4) e esta terça (4/5).

A taxa ainda está abaixo do índice 1, recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Quando este limite é ultrapassado, medidas restritivas são recomendadas, pois a pandemia tende a avançar em determinada região. Por exemplo, se for 1,01, cada 100 pessoas infectadas tendem a transmitir a doença para 101 outras.

A alta sucede um longo período de estabilidade na taxa de transmissão. Conforme os boletins publicados entre 23 e 28 de abril, o índice ficou estacionado em 0,82. Antes da sequência de dias em que a pandemia foi freada, o DF tinha registrado a Rt de 0,95 em 22 de abril.

Confira a alta da taxa de transmissão dia a dia:

28/4 – 0,82

29/4 – 0,84

30/4 – 0,85

1º/5 – 0,86

2/5 – 0,87

3/5 – 0,90

4/5 – 0,92

No começo de março de 2021, segundo dados divulgados pelo governo, o DF chegou a registrar a taxa de transmissão de 1,38. Mas em março de 2020, o índice atingiu o patamar de 3,1.

Últimas notícias